Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/6714
Título: Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD): o novo pesadelo das empresas?
Autor: Cordeiro, Silvério
Gouveia, Luis Borges
Palavras-chave: RGPD
Proteção de dados
Empresas
Digital
Data: Mai-2018
Editora: *TRS Tecnologia, Redes e Computadores
Relatório da Série N.º: 2018;07
Resumo: A União Europeia ambiciona tornar-se pioneira na criação de um novo quadro de proteção de dados com o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD). O RGPD vem proporcionar maior controlo sobre os dados pessoais para os cidadãos europeus, gerando, em contrapartida, novas incumbências para as empresas. Na corrida à convergência com o RGPD, as empresas afogam-se em emergentes necessidades: nomear um Encarregado De Proteção De Dados; assegurar auditorias de avaliação de impacto; rever contratos e responsabilidade de destinatários, subcontratantes e terceiros; trabalhar as políticas de privacidade, declarações e pedidos de consentimento. E do seio desta variada panóplia de temas a tratar e conformidades a assegurar, desponta a questão: e a esfera tecnológica? O conjunto de sistemas e software que suportam a operação têm de estar igualmente preparados para a acomodar a nova norma. Estarão todas as empresas portuguesas preparadas para embarcar na redefinição de processos, mentalidades e renovação tecnológica a que a nova lei obriga? Será o RGDP o pesadelo, não só processual, como tecnológico, para o qual as empresas portuguesas não estão preparadas?
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10284/6714
Aparece nas colecções:FCT (GTRS) - Relatórios Internos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RI_trs_07_2018.pdf891,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.