Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/6532
Título: Medo de dar à luz
Outros títulos: Parto Normal ou Cesariana? - Validação e Aplicação da Escala CFPP
Autor: Ferreira, Marlene de Jesus da Silva
Orientador: Teixeira, Zélia
Palavras-chave: Medo do parto
Preferências
Vias do nascimento
Estudantes
Validação
Fear of childbirth
Preferences
Birth routes
Students
Validation
Data de Defesa: 2-Nov-2017
Resumo: O parto, ainda que visto como um momento doloroso, representa um dos eventos mais marcantes da vida do ser humano, quer para a mulher que dá à luz, quer para o seu parceiro, que mesmo para o bebé. Devido à enorme carga emocional que lhe é inerente e à ansia de alcançar o desconhecido, este acontecimento de vida é antecipado pelos seus intervenientes. Esta antecipação é feita cada vez mais precocemente, mesmo em populações jovens não-grávidas, propiciando a formação de crenças, capazes de influenciar negativamente a experiência do nascimento, afetando as preferências idealizadas para este tão aguardado momento. Para que consigamos intervir neste âmbito, contribuindo para a clarificação de algumas convicções foram delineados os seguintes objetivos: traduzir e adaptar para a população portuguesa a escala Childbirth Fear Prior to Pregnancy (CFPP); validar a Escala do Medo do Parto antes da Gravidez (versão traduzida e adaptada da CFPP); avaliar o medo do parto antes da gravidez em estudantes universitários e associar o medo de dar à luz às escolhas prévias e preferências da via do parto em estudantes universitários. Recorreu-se a uma amostra de conveniência, constituída por 327 estudantes universitários (264 do sexo feminino e 63 do sexo masculino), com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos (μ = 24) e sem filhos. Para a recolha de dados foi administrado um questionário sociodemográfico, o Questionário de Experiência Pessoal associada ao Parto, a Escala do Medo do Parto antes da Gravidez (CFPP) e a Escala de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS – 21). A escala foi traduzida e adaptada recorrendo ao método de tradução e retroversão e a um painel de peritos. A versão traduzida e adaptada demonstra boas qualidades psicométricas. Verifica-se uma boa consistência interna (α = 0,88), a unidimensionalidade da escala, bem como a sua estabilidade temporal. Mediante a análise fatorial foram extraídos 3 fatores, que explicam 70% da variância total. Não existe correlação entre a CFPP e a EADS – 21. Os estudantes universitários portugueses apresentam níveis médio elevados de medo do parto antes da gravidez, o que influencia as suas preferências quanto à via do nascimento.
Childbirth, although seen as a painful moment, represents one of the most striking events in the life of the human being, both for the woman who gives birth and for her partner, even for the baby. Due to the enormous emotional load inherent in it and the eagerness to reach the unknown, this event is anticipated by its participants. This antecipation is carried out increasingly early, even in young non-pregnant populations, providing the formation of beliefs, capable of negatively influencing the birth experience, affecting the idealized preferences for this long awaited moment. In order to be able to intervene in this context, contributing to the clarification of some beliefs, the following objectives were outlined: to translate and adapt to the Portuguese population the Childbirth Fear Prior to Pregnancy (CFPP) scale; to validate the Scale of Fear of Childbirth before Pregnancy (translated and adapted version of the CFPP); to assess the fear of childbirth before pregnancy in university students and to associate the fear of giving birth to previous choices and preferences of the birth path in university students. A convenience sample of 327 university students (264 female and 63 male), aged from 18 to 35 (μ = 24) and no children, was used. In order to collect data it was administered a sociodemographic questionnaire, the Personal Experience associated with Childbirth questionnaire, the Pregnancy Scale before Pregnancy (CFPP) and the 21 - item Anxiety, Depression and Stress Scale (EADS - 21). The CFPP scale has been translated and adapted using the translation and retroversion method and a panel of experts. The translated and adapted version demonstrates good psychometric qualities. There is a good internal consistency (α = 0.88), the unidimensionality of the scale, as well as its temporal stability. Trough of the factor analysis, 3 factors were extracted, which explain 70% of the total variance. There is no correlation between CFPP and EADS - 21. Portuguese university students have in average high levels of fear of childbirth before pregnancy, which influences their preferences regarding the way of birth.
URI: http://hdl.handle.net/10284/6532
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Marlene Ferreira.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.