Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/880
Título: Os objectivos de vida de adolescentes institucionalizados e não institucionalizados
Autor: Henriques, Sónia Raquel Fraga
Orientador: Ramalho, Joaquim
Data de Defesa: 2008
Editora: [s.n.]
Resumo: Os objectivos deste estudo pretenderam verificar se existem diferenças estatisticamente significativas nos objectivos de vida dos adolescentes considerando se: os adolescentes estão ou não institucionalizados, o sexo masculino e o feminino; a pratica ou não de uma religião; as habilitações dos pais; o consumo de álcool, tabaco e outras drogas; no caso dos institucionalizados, considerar o tempo de institucionalização; o ano de escolaridade em que se encontram e se existem diferenças significativas entre os adolescentes institucionalizados comparados com os não institucionalizados relativamente à Dimensão Vivencial e à Dimensão Existencial. Participaram nesta investigação 74 adolescentes de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 11 e os 20 anos. Sendo que 42.3% estão institucionalizados e os restantes não. Recorreu-se a um questionário sócio-demográfico e ao Teste dos Objectivos de Vida (PIL-R) adaptado por Peralta e Silva (2003). Os resultados da investigação demonstram que existem diferenças significativas nos objectivos de vida dos adolescentes institucionalizados, que são menores, comparados com os não institucionalizados que são mais elevados. Verificam-se, também, diferenças estatisticamente significativas nos objectivos de vida dos adolescentes que estão institucionalizados, sendo que os objectivos são tanto maiores quanto mais tempo de institucionalização tiver decorrido. O ano de escolaridade revela também influenciar os objectivos de vida dos adolescentes, sendo que estes objectivos são mais elevados quanto mais avançado na escola a pessoa está. A Dimensão Vivencial, relativa aos afectos, revela, igualmente, um valor mais elevado nos adolescentes institucionalizados do que nos não institucionalizados. Nos restantes objectivos não se encontram diferenças estatisticamente significativas.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Psicologia, especialização em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10284/880
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
6686Monografia.pdf397,35 kBAdobe PDFVer/Abrir
6686Errata[1].pdf79,17 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.