Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/821
Título: As substâncias químicas nos campeonatos distritais de futebol da Associação de Futebol de Viana do Castelo
Outros títulos: conhecimento dos jogadores
Autor: Cunha, Ricardo Jorge Rodrigues da
Orientador: Silva , Raquel
Palavras-chave: jogadores de futebol
campeonatos distritais
uso de substâncias químicas
conhecimentos dos jogadores
Data de Defesa: 2007
Editora: [s.n.]
Resumo: A realização deste estudo procurou conhecer o grau de conhecimento que os jogadores séniores e júniores inscritos na Associação de Futebol de Viana do Castelo detêm em relação ao uso de substâncias químicas no futebol. Deste modo, pretende-se conhecer o grau conhecimento dos atletas relativamente aos seguintes aspectos: os malefícios provocados pelo uso de substâncias químicas; as substâncias mais usadas durante a competição; as motivações que levam ao uso deste tipo de substâncias; a responsabilidade sobre o uso deste tipo de substâncias. Tendo em conta as características do nosso estudo optou-se por uma metodologia de administração directa de natureza descritiva. A amostra foi constituída por 124 jogadores inscritos na AFVC, na época de 2006/2007, pertencentes aos escalões júnior e sénior, a mostra foi seleccionada através de um processo aleatório sistemático. O método de recolha de dados utilizado foi um questionário, que após a utilização da análise estatística, permitiu avaliar os conhecimentos que os jogadores detinham sobre o uso de substâncias químicas nos campeonatos distritais de futebol de da AFVC. Após análise dos dados verificou-se que os jogadores na sua opinião referiram que a substância mais utilizada durante o período de competição foi os estimulantes. Perante os malefícios provocados pelas diferentes substâncias consideradas ilegais no período de competição os mesmos jogadores consideraram que o principal malefício provocado pelo uso de estimulantes, de canabinóides, de narcóticos analgésicos, esteróides anabolizantes, de hormonas peptídicas e de inibidores se situa a nível cardíaco, os jogadores consideraram apenas que o uso de diuréticos não apresenta como principal malefício o situado a nível cardíaco, sendo que para esta substância, os mesmos, consideraram que o principal malefício se situava no aparelho renal. Os inquiridos conferiram responsabilidades sobre o uso de substâncias químicas não só aos jogadores mas também a alguns dos elementos que constituem a equipa técnica.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciado em Motricidade Humana
URI: http://hdl.handle.net/10284/821
Aparece nas colecções:UPL (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Monografia.pdf196,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.