Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/729
Título: Manifesto digital para o espaço público
Autor: Gouveia, Luís Borges
metadata.dc.contributor.other: dir. Álvaro Monteiro
Palavras-chave: plano director digital
autoridade digital
sociedade da informação
espaço público
digital master plan
digital authority
information society
public space
Data: 2004
Editora: Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa
Citação: A obra nasce: revista de arquitectura da Universidade Fernando Pessoa. Porto. ISSN 1645-8729. 2 (Dez. 2004) 124-133.
Relatório da Série N.º: A obra nasce: revista de arquitectura da Universidade Fernando Pessoa
2
Resumo: O autor defende a necessidade de se considerar uma autoridade digital para o território como complemento para o espaço público. Face à Sociedade da Informação e do Conhecimento, novas formas de pensar o território têm de ser tomadas. O uso intensivo de computadores e redes leva a que se repense as noções de espaço e tempo e, consequentemente, o uso do território. O ordenamento do digital é uma nova preocupação que um território deve considerar em conjunto com os PMOTs. Face a aplicações que implicam com o ordenamento do território como é o caso do teletrabalho e de meios de interacção à distância ao dispor de empresas e organismos públicos, as necessidades de deslocação são transformadas e criadas novas centralidades de origem digital. Estas ideias são apresentadas, sendo proposta uma questão final associada com as cidades vizinhas do Porto e de Gaia. The author defends the need to consider a digital authority for the territory to deal with digital issues within the public space. New ways of thinking and dealing with the territory must be considered within the Knowledge and Information Society. The intensive use of computers and networks forces the redesign of time and space concepts, and thus, of the territory usage itself. The organisation and planning of the digital is a new issue that any territory must consider together with other traditional territorial planning. As a result of applications that influences the territorial planning, new telecommute needs are transformed and creating alternative digital centralities. Examples of such applications are telework and the interaction facilities available for enterprises and the public sector. Those ideas are presentin. A final related question is proposed, concerning the two neighbours cities of Porto and Gaia.
URI: http://hdl.handle.net/10284/729
ISSN: 1645-8729
Aparece nas colecções:A Obra Nasce - Nº 02 (Dez. 2004)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
124-133Pages from A Obra Nasce n_02-7.pdf528,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.