Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/701
Título: A Formação Profissional como estratégia de inserção social
Outros títulos: o caso específico dos cursos EFA
Autor: Santos, Hélder Teixeira dos
Orientador: Santos, Luís
Data de Defesa: 2006
Editora: [s.n.]
Resumo: Num país como Portugal, fortemente marcado por baixos níveis de qualificações quer do ponto de vista escolar, quer do ponto de vista profissional, a Formação Profissional apresenta-se como uma ferramenta privilegiada no sentido de colmatar estas deficiências e, consequentemente, elevar as qualificações com vista a capacitar os indivíduos através de elementos que os possam, mais facilmente, ser integrados no mundo laboral. Os baixos níveis de qualificações, uma vez que não permitem aos indivíduos uma participação plena em termos de cidadania podem, e muitas vezes levam, a que efectivamente estes se tornem excluídos socialmente pois, além de não possuírem uma fonte de rendimentos necessária à sua vida, também os afasta do mundo laboral que se constitui um elo de socialização e participação na vida activa deveras importante. A primeira parte deste trabalho foi realizada através de revisão bibliográfica sobre a formação Profissional para adultos, com alguma incidência na legislação que regula essa mesma matéria. Na parte empírica do trabalho foram utilizadas duas metodologias de estudo: uma quantitativa e outra qualitativa. Com a metodologia quantitativa pretendeu-se analisar uma amostra de formandos que frequentaram cursos EFA, no Norte do país, de forma a caracterizar, por um lado, as suas expectativas iniciais em termos do curso que frequentaram e, por outro, como se situam em termos laborais e/ou escolares após terem terminado o mesmo curso. A metodologia qualitativa pretendeu, sobretudo, analisar as expectativas dos formandos relativamente ao futuro que a participação num curso EFA lhes poderá, eventualmente, trazer. Neste sentido, tentou-se identificar a relevância do curso efectuado na procura de emprego por parte dos formandos e saber se a qualificação no mesmo foi um agente facilitador de inserção no mundo do trabalho. Para a realização do estudo empírico foram utilizados dois instrumentos de análise: um inquérito por questionário com questões abertas e fechadas no sentido da análise de dados do ponto de vista quantitativo e um guião de entrevista semi-estruturado com cinco unidades de análise com vista à análise dos dados do ponto de vista qualitativo.
Descrição: Monografia apresentada à Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de licenciado em Serviço Social
URI: http://hdl.handle.net/10284/701
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
helder_monografia.pdf875,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.