Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/6125
Título: A importância dos novos anticoagulantes na medicina dentária
Autor: Reis, Ana Filipa Moreira
Orientador: Begonha, Maria João
Palavras-chave: Novos anticoagulantes
Anticoagulantes e a medicina dentária
New anticoagulants
Anticoagulants and dentistry
Data de Defesa: 21-Jun-2017
Resumo: Na presente dissertação pretende-se fazer uma análise crítica sobre a importância dos novos anticoagulantes na medicina dentária, bem como alertar para as novas condutas clínicas em doentes hipocoagulados. Tem ainda como objetivo comparar as suas características e conceitos clínicos com os anticoagulantes clássicos; Pretende-se igualmente realçar a importância da aplicação de medidas hemostáticas locais que reduzem o risco hemorrágico, face à não suspensão, redução/alteração da terapêutica para diminuir o risco tromboembólico; Posto isto, no decorrer desta difícil trajetória de investigação, constata-se que: - As doenças tromboembólicas continuam a ser a causa principal de morbilidade e mortalidade a nível mundial; - A terapêutica anticoagulante oral protege os pacientes de episódios tromboembólicos, no entanto, causa um risco acrescido de episódios hemorrágicos durante um procedimento cirúrgico em medicina dentária; - O número de doentes que tomam medicamentos concomitantemente e entre eles, os anticoagulantes, tem vindo a aumentar; - Existe um conjunto de fármacos dentro dos anticoagulantes, os denominados “novos anticoagulantes” (dabigatrano, rivaroxabano, apixabano e edoxabano) cujo consumo tem vindo a aumentar em detrimento dos anticoagulantes clássicos (varfarina); - Os “novos anticoagulantes” têm características farmacocinéticas vantajosas, tais como, reduzidas interacções medicamentosas e alimentares, respostas de dose previsíveis e início de ação rápidos. Assim sendo, consegue-se uma gestão simplificada do paciente que necessita de terapia anticoagulante.
In the present dissertation we intend to make a critical analysis on the importance of the new anticoagulants in Dentistry, as well as to alert to the new clinical recommendations in hypocoagulated patients. It also aims to compare its clinical features and concepts with classic anticoagulants; It is also intended to emphasize the importance of the application of local hemostatic measures that reduce hemorrhagic risk, due to non-suspension, reduction / alteration of the therapy to reduce thromboembolic risk; It is verified that: - Thromboembolic diseases continue to be the leading cause of morbidity and mortality worldwide; - Oral anticoagulant therapy protects patients from thromboembolic events, however, it causes an increased risk of bleeding episodes during a surgical procedure in dentistry; - The number of patients taking concomitant medications, including anticoagulants, has been increasing; - There is a set of drugs within the anticoagulants, the so-called “new anticoagulants” (dabigatran, rivaroxaban, apixaban and edoxaban) whose consumption has been increasing to the detriment of the classic anticoagulants (warfarin). The “new anticoagulants” have advantageous pharmacokinetic characteristics, such as reduced drug and food interactions, predictable dose responses and rapid onset of action. Therefore, this results in a simplified management of patients who need anticoagulant therapy.
URI: http://hdl.handle.net/10284/6125
Designação: Mestrado Integrado em Medicina Dentária
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_27420.pdfPPG_27420652,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.