Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/6092
Título: Mulheres presas
Outros títulos: a influência das visitas no comportamento durante o cumprimento da pena privativa de liberdade
Autor: Minosso, Alice Sirlei
Orientador: Jólluskin, Gloria
Data de Defesa: 24-Jul-2017
Resumo: O presente trabalho foi realizado com o objetivo geral de investigar se as visitas às mulheres presas tem influência no seu comportamento durante o cumprimento da pena privativa de liberdade. Diante a escassez de estudos com o tema específico, achou-se importante dar uma contribuição nesta área. Para tanto, elegeu-se os seguintes objetivos específicos: descrever o significado que as mulheres reclusas atribuem às visitas;determinar a relação social ou familiar existente entre os visitantes e a mulher reclusa; qual a frequência que as visitas ocorrem e o que fazem durante as visitas; descrever qual o sentimento da mulher reclusa quando não recebe a visita esperada e qual é a visita que mais espera; descrever a percepção das mulheres encarceradas sobre a influência que as visitas tem no comportamento durante o cumprimento da pena privativa de liberdade e sobre suas espectativas de futuro; analisar e descrever sobre a influência do sistema prisional para que as visitas ocorram. Para o alcance destes objetivos foram entrevistadas 15 reclusas e aplicados questionários a 63 mulheres reclusas e a 22 agentes penitenciários. O dados coletados e analisados possibilitou estabelecer a relação existente entre visitantes e a reclusas e que as visitas com mais ocorrência são dos pais e dos filhos, que a maioria das reclusas recebam visitas, sua ocorrência se restinge em poucas vezes ao mês e que a principal atividade realizada entre a reclusa e o visitante é conversar. O resultado do estudo ainda demonstrou que as reclusas atribuem imenso significado às visitas recebidas e que as visitas possuem influência positiva sobre o comportamento delas no cárcere. No que se refere ao sentimento da mulher reclusa quando não recebe a visita que espera, pode-se perceber que o principal sentimento é de abandono. Ainda, que no cárcere a mulher valoriza qualquer visita e mesmo com preferências, gosta de receber todas igualmente.
The present work was accomplished with the general purpose of investigating whether visits to women prey have influence on their behaviour during the fulfilment of the private penalty of liberty. In the face of the shortage of studies with the specific theme, it was important to make a contribution in this area. For this purpose, the following specific objectives were elected: to describe the meaning that women recluse attach to visits; Determine the social or family relationship between the visitors and the recluse woman; How often visits occur and what they do during visits; Describe the feeling of the reclusive woman when she does not receive the expected visit and what is the most awaiting visit; Describing the perception of incarcerated women on the influence that visits has in behaviour during the fulfilment of the private penalty of liberty and on their expectations of the future; Analyze and describe the influence of the prison system for visits to occur. For the attainment of these goals were interviewed 15 recluses and applied questionnaires to 63 women recluse and 22 penitentiaries. The data collected and analyzed made it possible to establish the relationship between visitors and the prisoners and that the visits with the most occurrence are of the parents and children, that most of the prisoners receive visits, their occurrence is reting in a few times a month and that the main activity carried out between the recluse and the visitor is to talk. The result of the study still demonstrated that the prisoners attributed immense significance to incoming visits and that visits have a positive influence on their behaviour in prison. As regards the feeling of the reclusive woman when she does not receive the visit she expects, it can be realized that the main sentiment is abandonment. Still, that in jail the woman values any visit and even with preferences, likes to receive all equally.
URI: http://hdl.handle.net/10284/6092
Designação: Mestrado em Criminologia
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Alice Minosso.pdf1,9 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.