Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/6042
Título: Recursos Tecnológicos e Motivação para a Aprendizagem
Autor: Camacho, Carmen Maria Lopes de Ponte
Orientador: Coelho, Fátima
Palavras-chave: Motivação
Aprendizagem
Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)
Estratégias em sala de aula
Sala de Aula do Futuro (SAF)
Motivation
Learning
Communication and Information Technologies (ICT)
Classroom Strategies
Future Classroom Lab (FCL)
Data de Defesa: 13-Jul-2017
Resumo: Nos dias que decorrem é imprescindível que os alunos se sintam motivados para aprender e desenvolvam uma postura positiva perante o seu percurso de aprendizagem. Procurou-se com este projeto de investigação relacionar a motivação e a aprendizagem com base na exploração das ideias defendidas por diversas teorias sobre estas dimensões. Esta exploração foi feita também procurando compreender se a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) ajudam a desenvolver competências nos jovens e aumentam a motivação para as aprendizagens escolares. A recolha de dados neste projeto foi realizada através de um questionário com perguntas essencialmente fechadas ao qual responderam 45 alunos com idades entre os 12 e os 15 anos. Concluiu-se que os alunos mais motivados são aqueles que gostam das aulas, havendo correlação entre estas variáveis, e também entre o gosto pelos estudos com o gosto das aulas e da escola. Não se verificou correlação entre o género, a idade, o número de repetências e o tempo de utilização das TIC pelos alunos com a dimensão motivação. Acrescenta-se que os alunos gostam mais das aulas e ficam mais motivados quando estas são mais práticas e experimentais, com o recurso às TIC, conteúdos interessantes e o apoio do professor; e mais desmotivados com os conteúdos teóricos e difíceis ou com os seus colegas. Finalmente, 98% dos alunos revelaram ter computador que usam, em casa, 3 horas por dia, mas apenas 67% utilizam-no na escola, menos que 1 hora por dia. Após a reflexão sobre os dados recolhidos apresenta-se uma proposta de intervenção que consiste na criação de uma Sala de Aula do Futuro (SAF), considerado um ambiente inovador de aprendizagem que se prevê ser o futuro das nossas salas de aula. Esta sala desafia os professores e os alunos a explorarem os elementos essenciais na aprendizagem do século XXI, num ambiente imerso em tecnologia atual e tendências sociais que influenciam a educação.
On the current days, it is absolutely necessary that students feel motivated to learn and develop a positive and independent posture towards their education. We look with this investigation project to correlate motivation and learning brought upon by exploring ideas originated by varied theories around these dimensions. The exploration of these subjects also had in parallel an investigation on if Information and Communication Technologies (ICT) could help develop skills in the youth and increase their motivation within school activities. The relevant data collection was achieved through a survey composed of mostly closed-answer questions to which 45 students, ranging on the 12-15 age group, answered. We concluded that the most motivated students are also those that like their classes, having observed a correlation between these two dimensions, and also between their enjoyment of studying and liking their classes and present school. No correlation was found between gender, age, repeated years and daily ICT usage by students with the dimension motivation. We also add that the inquired students liked their classes more and felt more motivated when these had a bigger experimental or practical component, when ICT were involved, when interesting subjects were approached and when there was teacher feedback; and less motivated over theoretical and hard subjects or over their colleague’s behavior. Finally, 98% of the students revealed having a PC that they used 3 hours per day, but only 67% used these at school, and at less of one hour per day. After pondering on the gathered data, we present an intervention proposal that consists of the creation of a Future Classroom Lab (FCL), considered an innovative learning environment that is expected to be the future of our classrooms. This smart room challenges teachers and students to explore the essential elements of 21st century learning in an environment immersed in the current technology and social trends that influence education.
URI: http://hdl.handle.net/10284/6042
Designação: Mestrado em Docência e Gestão da Educação, especialização em Administração Escolar e Administração Educacional
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Carmen_Camacho.pdf3,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.