Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/5935
Título: O impacto das Necessidades Educativas Especiais na família
Outros títulos: perceções dos pais e cuidadores
Autor: Pacheco, Jessica
Orientador: Marinho, Susana
Palavras-chave: Impacto Familiar Global
Pais/ cuidadores de crianças/jovens com Necessidades educativas especiais
Global family impact
Parents / caregivers of children / young people with special educational needs
Data de Defesa: 18-Out-2016
Resumo: Da necessidade de se perceber que perceções estão associadas ao cuidado de crianças e jovens portadoras de alguma Necessidade Educativa Especial, surge este estudo. Este trabalho parte da análise da perceção do impacto das Necessidades Educativas Especiais para os pais e cuidadores de crianças e jovens com NEE a seu cuidado. Utilizou-se a Escala de Impacto Familiar (EIF) para se conhecer o Impacto Familiar Global quando correlacionado a variáveis sociodemográficas dos pais/cuidadores bem como das crianças/jovens a seu cuidado. Trata-se de um estudo com 90 participantes (pais/cuidadores de crianças com NEE) cujos resultados foram ao encontro dos objetivos pretendidos. Verificou-se que os pais apresentam maior perceção de impacto familiar do que as mães, sendo que este impacto é maior em pais mais velhos; concluiu-se que quanto maior as habilitações literárias menor é o impacto familiar. Por outro lado, quanto menor o nível socioeconómico mais se perceciona um impacto familiar, sendo este também influenciado pelo tipo de família, apresentando as famílias monoparentais em comparação com as nucleares apresentam médias de impacto superiores. No que diz respeito aos recursos/suportes existentes, alega-se maioritariamente que a presença de um determinado tipo de suporte/apoio faz diminuir a perceção de impacto por parte dos pais/e cuidadores à exceção do suporte financeiro. Para além das características dos participantes estudou-se as características das crianças/jovens com NEE obtendo-se as seguintes ilações: o impacto familiar é superior quando os filhos são do sexo masculino; o aumento do impacto familiar está correlacionado com o aumento da idade da criança; e o Impacto Familiar Global é maior nas problemáticas mais graves e que exigem mais dos pais.
This study aims to know the perceptions of parents and caregivers associated with care of children with Special Educational Needs. The Family Impact Scale was used to meet the global family impact when correlated with sociodemographic variables. The results of this study in a sample of 90 participants, it is stated that: fathers have a higher perception of family impact than mothers; the impact is greater in older parents; the higher is the education level of parents, the lower the family impact; the lower the socioeconomic level of the parents, the greater the family impact; single parents compared to nuclear families have higher averages in family impact. With regard to resources / existing support, the presence of a particular type of support decreases the perception of family impact by parents-caregivers, with the exception for the financial support. Concerning the characteristics of children, we conclude that family impact is higher when it comes to a boy, increased family impact is related to the increasing age of the child, and the global family impact is greater on the most serious problems.
URI: http://hdl.handle.net/10284/5935
Designação: Mestrado em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_Jessica Pacheco.pdf1,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.