Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/5124
Título: Esclerodermia no paciente odontopediátrico
Autor: Puga, Lisandra de Lima
Orientador: Silva, Cátia Carvalho
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: A esclerodermia é uma doença do tecido conjuntivo que apresenta uma baixa prevalência na população pediátrica. As manifestações orais da doença são numerosas e perante um envolvimento generalizado, as crianças podem apresentar rigidez da pele facial, lábios finos e atrofiados, microstomia, rigidez da língua, aumento do espaço do ligamento periodontal e reabsorções ósseas mandibulares. A elaboração deste trabalho teve como principais objetivos aprofundar o conhecimento sobre as características físicas gerais, as manifestações sistémicas associadas e, em particular, o tipo de alterações orais existentes em pacientes pediátricos com esclerodermia, bem como, sugerir um protocolo de atuação médico-dentária direcionado às limitações destes pacientes. Procedeu-se à realização de uma pesquisa bibliográfica de artigos, publicados em revistas científicas e disponíveis em bases de dados eletrónicas e, ainda à avaliação clínica de um paciente infantil com esclerodermia sistémica, para posterior registo das suas alterações orais. O médico dentista deve estar familiarizado com as manifestações clínicas da esclerodermia, uma vez que os sinais e sintomas desta doença podem condicionar o atendimento médico-dentário no paciente odontopediátrico. Este conhecimento, permite ao clínico a realização de uma intervenção médica direcionada às necessidades especiais deste paciente. O odontopediatra pode, de forma efetiva, contribuir para a otimização da saúde oral e melhoria da qualidade de vida do doente infantil com esclerodermia. No entanto, salienta-se a necessidade de estudos futuros que colmatem as lacunas de conhecimento relacionadas com o sistema estomatognático, atualmente, ainda existentes sobre esta doença. Scleroderma is a connective tissue's disease with low prevalence in the pediatric population. Oral manifestations of the disease are numerous and in its systemic involvement, children may get stiff facial skin, thin and withered lips, microstomia, tongue stiffness, increased periodontal ligament space and mandibular bone resorption. This work's main objective was to deepen the knowledge on the general physical characteristics, associated systemic manifestations and, in particular, oral amendments in pediatric patients with scleroderma, as well as to suggest a medical and dental performance protocol directed to these patients special conditions. It was made a search on articles published in scientific journals and available in electronic databases and also the clinical evaluation of a child with systemic scleroderma for subsequent registration of his oral manifestations. The dentist must be familiar with clinical manifestations of scleroderma, since the signs and symptoms of this disease condition dental health care in pediatric patients. This knowledge allows the clinician to perform a targeted medical intervention to the special needs of these patients. The dentist can effectively contribute to the optimization of children with scleroderma's oral health, improving their quality of life. This work highlights the need for future studies that reduce the knowledge gap still existing about stomatognathic system, related to this disease.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/5124
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_19892.pdfPPG_198922,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.