Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/5110
Título: Importância da amamentação na prevenção da classe II esquelética
Autor: Silva, Eliana Ferreira da
Orientador: Queirós, Maria Gabriel
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: Introdução: Hoje em dia, existe um vasto consenso na literatura de que a amamentação, especialmente se prolongada, pode proteger a criança, do risco de má-oclusão de Classe II esquelética. Vários autores acreditam que as crianças amamentadas por um longo período de tempo estão menos suscetíveis ao desenvolvimento de má-oclusão, devido à estimulação do crescimento sagital da mandíbula e da correta relação intermaxilar, através do estímulo mecânico dos músculos faciais. Objectivos: o trabalho efectuado apresenta como objectivo geral, aferir a consciencialização existente ou não, nas mulheres mães e grávidas (primíparas ou multíparas) quanto aos benefícios da amamentação. Para tal, foi necessário obter das participantes respostas a várias questões, tais como: tempo de amamentação ideal; motivo de interrupção da amamentação; motivo que levaria a optar por amamentar; influência da amamentação no desenvolvimento da boca e face do neonato; número de políticas de promoção e apoio à amamentação existentes no estabelecimento de saúde que frequentavam. Materiais e métodos: foi desenvolvido um estudo observacional descritivo, aplicado a mães e grávidas (primíparas e multíparas), que frequentaram os serviços de ginecologia e obstetrícia do Centro Materno Infantil do Norte. 122 participantes constituíram a amostra. Os dados foram recolhidos com recurso a um questionário e foram introduzidos no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®) versão 22.0 para Windows®. Foi ainda utilizado o teste de Qui-Quadrado e quando não foi possível a sua aplicação, optou-se pela utilização do teste de Bonferroni. Resultados e Conclusão: Em relação ao tempo de amamentação, o que se confirmou foi que, em termos amostrais, há uma diminuição do tempo médio de amamentação à medida que o número de filhos aumenta. O motivo mais frequentemente relatado pelas mães que conduziu à interrupção da amamentação foi a Hipogalactia. O vínculo afectivo entre mãe e filho foi indicado pela maioria das participantes como o motivo pelo qual optaram por amamentar. As inquiridas revelaram pouco conhecimento quando questionadas sobre a influência do biberão e amamentação no desenvolvimento da boca e face do bebé. As políticas de promoção e apoio à amamentação são escassas e revelam-se pouco eficazes nos estabelecimentos de saúde. Introduction: There is a usual vast consensus in literature that breastfeeding, if long-term used, can protect the child from developing a Class II skeletal malocclusion. Several authors believe that long-term breastfed children are less likely to develop a malocclusion due to the stimulation of sagittal growth of the jaw and the right intermaxilar relationship, through mechanical stimulation of the facial muscles. Objectives: the work done has as main objective, to assess the existing awareness or not, in mothers and pregnant women (primiparous or multiparous) about the benefits of breastfeeding. To do this, it was necessary to get the participants answers to several questions, such as: optimal breastfeeding time; breastfeeding interruption reason; reason would lead to choose to breastfeed; influence of breastfeeding on the development of the mouth and face of the newborn; number of promotion and support of breastfeeding policies at health facility attending. Methods: a descriptive observational study was developed, implicating mothers and pregnant woman (primiparous and multiparous), who requested the gynecology and obstetrics services of the Centro Materno Infantil do Norte. 122 participants took part in this study. Data were collected from a questionnaire and after introduced in the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®) version 22.0 for Windows® Program. A test called “Chi-Square’” was also used. Whenever its application wasn’t possible, the “Bonferroni” test was selected to be used. Results and Conclusion: Concerning the breastfeeding period, this sample showed that there is a decrease in the average period of breastfeeding as the number of children increases. Hypogalactia was considered to be the most frequently reported reason for mothers to stop the breastfeeding. The emotional bond between mother and child was the main reason to breastfeed. The inquired people reveal little know-how when questioned about the influence of bottle feeding and of breastfeeding in the children mouth and face´s development. Breastfeeding promotion and support policies are short-lived and it is proved to be ineffective in the health facilities.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/5110
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_24138.pdfPPG_241382,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.