Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/5076
Título: Renovar ou morrer
Outros títulos: a adaptação das redações de três diários e um semanário em papel às práticas convergentes
Autor: Silva, Nair Moreira
Orientador: Sousa, Jorge Pedro
Palavras-chave: Convergência
Integração
Redações
Jornais
Convergence
Integration
Newsrooms
Newspapers
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: O jornalismo, da última década, evidencia, no interior da própria profissão, mudanças inevitáveis na produção, nos meios humanos e nos formatos de distribuição de conteúdos. O fecho em espiral de muitos jornais em papel levanta questões de sobrevivência que não podem mais ser ignoradas. A imprensa, foco do nosso estudo, parece sofrer ainda mais intensamente os efeitos de uma crise instalada, que é não só económica, mas profissional e social. Um pouco por todo o mundo as palavras convergência e jornais começaram a ser associados como sinónimos de reconversão dos processos jornalísticos, rumo a um novo modo de fazer, de escutar e de ler, ao permitir olhar para as possibilidades de uma história. E depois olhar para a forma correta (e possível) de a contar. A cultura da Internet apoderou-se de virtudes para a sociedade e entender o conceito de convergência tornou-se indispensável, especialmente, porque surge conotado como a salvação para o jornalismo. Contudo, as primeiras empresas que começaram a apoiar-se no conceito foram as mesmas que começaram a reduzir jornalistas e redações, enquanto os media perdiam a sua força na credibilidade e na investigação. A produção jornalística surge conotada ao imediato, com pouco tempo para pensar e dar contexto sacrificando muitas vezes a qualidade da notícia. Já os profissionais aparecem preocupados com o seu papel decisivo e que, inevitavelmente, acaba por influenciar o consumo da audiência. Mas ao mesmo tempo cedem às exigências da pressão da publicação veloz, maior e mais exigente. Onde a tecnologia não para de evoluir e trazer novos desafios e os jornalistas, perante esta mutação demolidora dos seus hábitos e rotinas, resistem. E param. Daí que o equilíbrio é não só necessário, como urgente. As redações dos diários em papel são o epicentro do furacão, e objeto do nosso estudo, onde converge a tecnologia, os conteúdos, a audiência, os profissionais e o negócio e é perante todas estas dimensões que nos questionarmos se as práticas convergentes podem ou não ser a solução há muito esperada. Através da observação participante de três diários - Jornal de Notícias, Diário de Notícias e Público - e um semanário - Expresso, da aplicação de inquéritos aos jornalistas e entrevistas em profundidade a elementos da direção, administradores e chefias intermédias, quisemos aprofundar o debate sobre como as práticas convergentes abriram as portas aos jornais na procura de novas audiências e como, apesar do longo caminho que ainda têm de percorrer, os dispositivos móveis, os sites e as redes sociais se converteram em acessórios de bolso do leitor, que carregam a leitura simples e a mobilidade de uma cultura participativa. Perante este enquadramento, é do futuro que falamos, do jornalismo e dos jornais, mas as divergências que encontramos poderão ser maiores que a convergência anunciada.
In the last decade journalistic transformations evidence, within the profession, inevitable changes in production, human resources and content distribution formats. Journalism today faces an unprecedented crisis, by breaking the honour of the profession values. While newspapers were closing doors in downward spiral survival issues could no longer be ignored. The press, focus of our study, seems to suffer even harder the collateral effects of this installed crisis, not only economic, but also professional and social. Internet’s culture took hold of virtues to society and among these benefits lies convergence. To understand the concept has become indispensable, especially, because it comes connoted as the salvation for journalism. All over the world the words convergence and newspapers appeared associated and it started to convert the journalistic processes towards a new way of doing, listening and reading, by allowing looking at the story possibilities and telling it. Media companies, supported on the convergence concept, began to reduce journalists and newsrooms, while the media lost its strength in credibility, research and quality contents, because everything has to do with the immediate, no time to think and act only at the news. Journalists are concerned with their decisive role that inevitably ends up influencing the consumer audience. But at the same time they give up to pressure of speedy publications, that becomes even bigger and more demanding. Where technology continues to evolve with new challenges and the professionals, facing this overwhelming mutation of habits and routines, resist. And stop. Hence the balance is not only necessary as urgent. Daily paper newsrooms are the epicentre of the hurricane, and purpose of our study, where technology, content, audience, professionals and the business models converge. This is where we question ourselves if converging practices may or may not be the solution long overdue. Through participant observation of three Portuguese newspapers - Jornal de Notícias, Diário de Notícias e Público - and a weekly - Expresso, the application of surveys and in depth interviews to directors, administration and supervisors, we wanted to deepen the debate on how convergent practices have opened doors to newspapers in the search for new audiences and how the convergence of platforms, despite the long way ahead, are now the reader’s pocket accessories, bearing simple reading and participant mobile culture. In this framework, this thesis is about the future of newspapers and the future of journalism, but the divergences that we found may be bigger than the announced convergence benefits.
Descrição: Tese apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Doutor em Ciências da Informação, especialidade em Jornalismo
URI: http://hdl.handle.net/10284/5076
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese.pdf4,09 MBAdobe PDFVer/Abrir
apendices.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.