Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4985
Título: Avaliação da eficácia de um Programa de Promoção de Práticas Educativas Parentais implementado na Clínica Pedagógica de Psicologia da Universidade Fernando Pessoa
Autor: Villas-Boas, Sónia Ferreira
Orientador: Alves, Sónia
Palavras-chave: Intervenção Parental
Práticas Educativas Parentais
Eficácia
Suporte Emocional
Tentativa de Controlo
Rejeição
Parental Intervention
Parental Educational Practices
Effectiveness
Emotional Support
Control Attempted
Rejection
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: A formação parental apresenta-se como uma prática que pretende aumentar a consciência dos pais para a utilização das suas competências parentais, através de ações educativas de sensibilização, aprendizagem ou esclarecimento relativo a atitudes e praticas educativas parentais (Olivares, Mendez & Ros, 2005). A criação e a promoção de intervenções parentais ajudam no desenvolvimento da qualidade das interações, entre pais e filhos e no desenvolvimento de competências parentais e pessoais. Os programas de Práticas Educativas Parentais têm como objetivo a promoção da autoestima, do autoconceito, da comunicação entre pais e filhos e do treino de estratégias para modificar determinados comportamentos dos filhos. A colaboração das famílias nas intervenções familiares contribui para a promoção do desenvolvimento da criança, reduzindo fatores de risco (Mestre & Corassa, 2002; Silvares, 1995). Neste sentido, o presente estudo teve como objetivo construir, implementar e avaliar a eficácia de um programa de Promoção de Práticas Educativas Parentais. Participaram 10 sujeitos adultos (5 pertencentes ao Grupo Experimental e 5 pertencentes ao Grupo de Controle) com idades compreendidas entre os 30 e os 52 anos (M =40,6), residentes em meio urbano (N=9). Os dados foram recolhidos através de um Questionário Sociodemográfico, e do EMBU-P (Escala de Perceção Materna sobre o Estilo Educativo Parental), versão portuguesa de Canavarro e Pereira (2007). Globalmente, os resultados evidenciam que não existem diferenças estatisticamente significativas entre o momento pré-intervenção e o momento pós- intervenção no que se refere às dimensões Suporte Emocional, Tentativa de Controlo e Rejeição, não nos permitindo, portanto, comprovar a eficácia do programa de Promoção de Práticas Educativas Parentais.
Parental training is presented as a practice that aims to increase parental awareness for the use of their parenting skills through educational activities to raise awareness, learning or clarification regarding attitudes and parenting practices (Olivares, Mendez & Ros, 2005). The creation and the promotion of parental interventions help in developing the quality of interactions between parents and children and the development of parental and personal. The Educational Practices Parenting programs are aimed at promoting self-esteem, self-concept, communication between children and training strategies to modify certain behaviors of the children. The collaboration of families in family interventions contributes to the promotion of child development, reducing risk factors (Mestre & Corassa, 2002; Silvares, 1995). In this sense, this study aimed to construct, implement and evaluate the effectiveness of a promotion Practices Program Parental Education. A total of 10 adult subjects (5 belonging to the Experimental Group and 5 belonging to the Control Group) aged between 30 and 52 years (M = 40.6), urban residents (N = 9). Data were collected through a Sociodemographic Questionnaire, and EMBU -P (Scale of Maternal Perception of the Parental Educational Style), portuguese version of Canavarro and Pereira (2007). Overall, the results show no statistically significant differences between pre-intervention and post-intervention time point with regard to the dimensions Emotional Support, Attempt to Control and Rejection, not allowing us therefore prove the effectiveness of the Promotion Program Educational Practices.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/4985
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sónia Villas-Boas.pdf6,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.