Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4957
Título: Efeitos da terapia do espelho na reabilitação do membro superior em pacientes após acidente vascular encefálico
Outros títulos: uma revisão bibliográfica
Autor: Silva, Teresa Sofia Basílio da
Orientador: Cervaens, Mariana
Palavras-chave: Acidente Vascular Encefálico
Hemiparesia
Membro superior e Terapia do Espelho
Stroke
Hemiparesis
Upper limb and Mirror Therapy
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: Objetivo: Analisar diversos protocolos sobre os efeitos da terapia do espelho na reabilitação do membro superior em pacientes após Acidente Vascular Encefálico (AVE). Metodologia: Foi realizada uma pesquisa computorizada nas bases de dados Web of Knowledge, EBSCO, PubMed e PEDro para identificar estudos que avaliassem os efeitos da terapia do espelho na reabilitação do membro superior em pacientes após AVE. Resultados: Foram incluídos 9 estudos randomizados controlados, com uma classificação média de 6,4 na escala de PEDro, num total de 327 participantes. A terapia do espelho demonstrou resultados significativos na função motora quando comparado com a terapia convencional. Dois estudos destacam a recuperação da negligência visuo-espacial e, apenas um estudo referiu efeitos benéficos ao nível da dor em pacientes após AVE. Conclusão: Os resultados demonstraram maior evidência da eficácia da terapia do espelho na função motora e algum consenso relativamente à dose de tratamento (5 sessões/semana durante pelo menos 30 minutos) e ao protocolo de tratamento (mais orientados para a tarefa e movimentos mais complexos). Ainda assim, não é possível obter uma conclusão segura quanto ao tempo ideal para iniciar a terapia, devido à heterogeneidade dos estudos, assim como dos efeitos a longo-prazo. Objective: Analyze several protocols about the mirror therapy effects on the upper limb rehabilitation in patients after stroke. Methodology: It was done a computerized search in Web of Knowledge, EBSCO, PubMed and PEDro data bases, to identify studies that evaluated the effects of mirror therapy on upper limb rehabilitation in patients after stroke. Results: Were included 9 randomized controlled trials, with an average rating of 6,4 on PEDro and a total of 327 participants. The mirror therapy showed significant results in motor function when compared to conventional therapy. Two studies highlighted the recovery from visuospatial neglect and only one study reported beneficial effects on pain level in patients after stroke. Conclusion: The results proved more efficacy of mirror therapy for improving motor function and showed agreement concerning the dose of treatment (5 sessions/week for at least 30 minutes) and the therapy protocol (task-oriented training and more complex movements). Still, it is difficult to get a firm conclusion regarding the optimal time to initiate therapy, due to the heterogeneity of the studies, as well as the long-term effects.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/4957
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PG_25875.pdfPG_25875419,89 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.