Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4949
Título: Prevalência e Caracterização da Violência em Casais de Gays, Lésbicas e Bissexuais
Autor: Domingues, Hugo Miguel Jacinto
Orientador: Sani, Ana Isabel
Soeiro, Cristina
Palavras-chave: Violência
Casais de gays
Lésbicas
Bissexuais
Violence
Gay
Lesbian
Bisexual couples
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: A literatura existente acerca da violência entre parceiros íntimos é vasta, contudo escassa quando ao fenómeno entre parceiros íntimos do mesmo sexo tanto a nível internacional como nacional. Deste modo, o presente trabalho, teve como finalidade estudar a prevalência da violência e as características associadas ao fenómeno da violência nos casais de gays, lésbicas e bissexuais, tanto no papel de vítimas como de perpetradores, nas relações passadas e presentes, comparando os grupos entre si. Assim sendo, foi recolhida uma amostra online de 74 participantes que se autopercecionaram como sendo gays, lésbicas ou bissexuais. Os gays tinham uma idade compreendida entre 19 e 85 anos (M=29.88; DP= 12.38), as lésbicas entre 21 e 52 anos (M=32.36; DP= 10.32) e os bissexuais entre 20 e 39 anos (M=25.18; DP= 6.27). O instrumento utilizado foi o questionário “Violence and Abuse in Same-Sex Relationships” (Noret & Richards, 2003; tradução efetuada por Domingues, Sani & Soeiro, 2014), através do qual os dados obtidos foram sujeitos a tratamento estatístico, no sentido de dar resposta aos objetivos estabelecidos. Os principais resultados mostram congruência com o que outros estudos internacionais e nacionais têm revelado, ou seja, que a violência no seio dos relacionamentos gays, lésbicos e bissexuais, existe e merece um olhar mais atento no que respeita ao seu combate. Os três grupos revelaram prevalências semelhantes em todas as dimensões analisadas, sendo o tipo de violência mais comum, tanto recebida como praticada, é a violência psicológica/emocional. Curiosamente o comportamento de outing, conduta específica a este tipo de população, foi dos tipos de violência menos referida. Assim esta é uma população que não deve ser esquecida e com a qual se deve trabalhar promovendo políticas de intervenção e prevenção acerca do fenómeno de violência, derrubando os obstáculos encontrados por esta à revelação da problemática.
The existing literature on intimate partner violence is vast, yet scarce about phenomenon of same sex intimate partner. Thus, this work aimed to study the prevalence of violence and violent dynamics in gay couples, lesbians and bisexuals, both in the role of victims and perpetrators in the past and present relationships, comparing the groups with each other. It was taken an online sample of 74 participants who self-perception as being gay, lesbian or bisexual. Gays were aged between 19 and 85 years (M= 29.88, SD= 12:38), lesbians between 21 and 52 years (M= 32.36, SD= 10:32) and bisexuals between 20 and 39 years (M= 25.18; DP = 6.27). The instrument used was the questionnaire "Violence and Abuse in Same-Sex Relationships" (Noret & Richards, 2003; translation made by Domingues, Sani & Soeiro, 2014), in which after a literature review about the implicit concepts, we proceeded to statistical analysis in order to meet the stated objectives. The main results show consistency with international and national studies have revealed, namely that violence within relationships of gays, lesbians and bisexuals exists and worrying rates. The three groups showed similar prevalence in all analyzed dimensions, being the most common type of violence, both received as practiced, psychological/emotional. Interestingly outing behavior, conduct specific to this type of population, was the type of violence least mentioned. So this is a population that should not be overlooked and which should work promoting intervention and prevention policies about the phenomenon of violence, knocking obstacles encountered by the revelation of this problem.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Jurídica
URI: http://hdl.handle.net/10284/4949
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Hugo Domingues.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.