Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4867
Título: Potencial utilização do ácido acetilsalicílico como anticancerígeno
Autor: Silva, Alexandra Isabel Marques da
Orientador: Matos, Carla
Palavras-chave: Aspirina
Anti-tumoral
Cancro colorretal
Prevenção de cancro
Aspirin
Anti-tumor
Colorectal cancer
Cancer prevention
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: A aspirina, cuja substância ativa é o ácido acetilsalicílico, representa um dos medicamentos mais utilizados em todo o mundo. Desde a Idade Média até aos dias de hoje, têm vindo a ser descritas inúmeras propriedades terapêuticas nomeadamente: analgésica, antipirética, anti-inflamatória, anti-plaquetária, entre outras. No presente, para além do seu uso no alívio da dor ligeira a moderada, febre e inflamação, a aspirina assume um importante papel na diminuição do risco de acidentes cardiovasculares. Entretanto, vários ensaios têm vindo a sugerir novos efeitos benéficos da aspirina. Descobertas recentes demonstraram que a aspirina, administrada por vários anos, pode reduzir, a longo prazo, o risco de alguns tipos de cancro, particularmente o cancro colorretal. Várias evidências apoiam a hipótese de que esse efeito é conseguido com doses baixas de aspirina, as mesmas utilizadas na prevenção de eventos cardiovasculares, posicionando a ação antiplaquetária da aspirina no centro de sua eficácia anti-tumoral. Contudo, ainda não há dados suficientes sobre o risco/benefício e, como tal, ainda não foram feitas recomendações definitivas relativamente ao seu uso, sendo portanto, necessários novos estudos para que se possa definir qual a dose mínima efetiva, qual a duração do tratamento, qual a idade para o iniciar e qual a população alvo em que o benefício é superior ao risco. Nesta revisão, irão ser abordados os conhecimentos atuais sobre o papel da aspirina na prevenção do cancro, especialmente o cancro colorretal. Em particular, serão explorados alguns dos possíveis mecanismos responsáveis por este efeito: uns dependentes das prostaglandinas e da ciclooxigenase (COX), nomeadamente da COX-2, e outros provavelmente independentes, destacando novos caminhos para pesquisas futuras. Aspirin, which active substance is the acetylsalicylic acid, is one of the most widely used medications in the world. From the middle Ages to the present day, several therapeutic properties have been described for this molecule, including: analgesic, antipyretic, anti-inflammatory and anti-platelet action, among others. At present, in addition to its use in the relief of mild to moderate pain, fever and inflammation, aspirin plays an important role in reducing the risk of cardiovascular events. Interestingly, other beneficial effects of aspirin have been recently put forward. For instance, new findings have demonstrated that aspirin intake, administered over several years, may reduce the long term risk of certain types of cancer, particularly colorectal cancer. Indeed, it has been argued that such effect may be achieved using small amounts of aspirin (in proportions similar to ones used in the prevention of cardiovascular events), placing the antiplatelet action of aspirin at the center of its anti-tumor efficacy. However, much uncertainty remains concerning the risk/benefit of aspirin usage in cancer prevention and, as such, no definitive recommendations have been made to date. Consequently, further studies are crucially needed so that it can be defined the minimum effective dose, duration of treatment, what age to start and what the target population in which the benefit is greater than the risk. In this review, it will be considered the current knowledge regarding the role of aspirin in cancer prevention, with a special focus on colorectal cancer. In particular, it will be explored some of the possible mechanisms responsible for this effect while highlighting new paths for future research.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4867
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_26314.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.