Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4842
Título: Pancreatite alcoólica
Autor: Sampaio, Cristina Cardoso
Orientador: Guedes, Fátima
Palavras-chave: Pancreatite alcoólica
Efeitos tóxicos
Células acinares
PSCs
Fibrose pancreática
Alcoholic pancreatitis
Toxic effects
Acinar cells
PSCs
Pancreatic fibrosis
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: A pancreatite alcoólica é uma das principais complicações do consumo excessivo de álcool. O risco de desenvolver a doença aumenta com a ingestão de doses crescentes de álcool, sugerindo que os efeitos tóxicos estão relacionados com a quantidade de álcool ingerida. No entanto, apenas uma minoria dos alcoólicos desenvolve pancreatite, o que indica a necessidade de um fator desencadeador adicional para iniciar a lesão pancreática clinicamente evidente. A pancreatite alcoólica começa como um processo agudo necroinflamatório/ autodigestivo, progredindo com repetidos episódios de necroinflamação. O seu espectro clínico inclui pancreatite aguda (dor abdominal aguda e elevados níveis séricos das enzimas pancreáticas) e pancreatite crónica (dor abdominal, má digestão e diabetes). Têm sido feitos avanços significativos que fornecem uma visão sobre os mecanismos moleculares da lesão pancreática provocada pelo álcool, principalmente no que diz respeito aos seus efeitos tóxicos sobre as células acinares pancreáticas e recentemente, nas células estreladas pancreáticas (PSCs), que desempenham um papel fundamental na fibrose, caraterística da pancreatite crónica alcoólica. Alcoholic pancreatitis is a major complication of alcohol abuse. The risk of developing pancreatitis increases with increasing doses of alcohol, suggesting that alcohol exerts dose-related toxic effects on the pancreas. However, it is also clear that only a minority of alcoholics develop the disease, indicating that an additional trigger may be required to initiate clinically evident pancreatic injury. Alcoholic pancreatitis is thought to begin as an acute necroinflammatory/autodigestive process in a susceptible individual and to progress with repeated episodes. The clinical spectrum of the disease includes acute pancreatitis (acute abdominal pain and raised sérum levels of pancreatic enzymes) and chronic pancreatitis (abdominal pain, maldigestion, diabetes). Significant advances have been made in recent years that provide an insight into the molecular mechanisms of alcohol-related pancreatic injury, particularly with respect to the direct toxic effects of alcohol on pancreatic acinar cells and on the recently characterized PSCs, with may play a key role in the fibrosis of alcoholic chronic pancreatitis.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4842
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_12345.pdf690,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.