Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4790
Título: Criatividade nas Artes Plásticas no 3º ciclo do Ensino Básico no apoio à inclusão de alunos com Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção
Outros títulos: um Estudo de Caso em Portugal Continental
Autor: Martinez Amate, Maria del Mar de Deus
Orientador: Ventura, Tereza
Palavras-chave: Criatividade
Artes Plásticas
Inclusão
Hiperatividade
Défice de Atenção
Creativity
Fine Arts
Inclusion
Inclusive School
Hyperactivity
Disorder Attention Deficit
Data de Defesa: 2015
Editora: [s.n.]
Resumo: Ao longo deste trabalho, procura-se dar um contributo para verificar se a criatividade, aplicada às Artes Plásticas, pode ser esteio do apoio educativo a alunos portadores de Necessidades Educativas Especiais, com vista à sua inclusão. Tendo em conta que, nos dias de hoje, se defende o conceito de Escola para Todos, acredita-se que este trabalho foi relevante na procura de caminhos e/ou possibilidades que poderão ajudar a ir ao encontro do grande objetivo do ensino atual, ou seja, de um ensino verdadeiramente inclusivo. De facto, pretendeu-se, através desta investigação, analisar a contribuição das Artes Plásticas na educação de jovens com diagnóstico de Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção. Considerou-se este tema apropriado de uma perspetiva profissional, social e pessoal, já que os jovens com Défice de Atenção e Hiperatividade são geralmente muito criativos e podem concentrar-se intensamente em alguma coisa de que realmente gostem. Concluiu-se - através de observação direta e da aplicação de um inquérito por questionário e entrevista a professores das disciplinas curriculares do 3º Ciclo do Ensino Básico - que o fazer artístico foi um excelente meio para minimizar os sintomas de hiperatividade e que a criatividade nas Artes Visuais conseguiu manter a atenção de um jovem com PHDA, por mais tempo e auxiliar no fortalecimento da identidade individual, estimulando a sua autonomia e propicia uma elevação na autoestima.
This work aims to contribute to verify if creativity applied to fine arts, can be useful to support inclusive teaching of students with special educational needs. In acceptance of the concept of school for all, it is believed that this work has been relevant to help to find paths and/or possibilities to meet the great goal of the teaching of our days, that is, a truly inclusive education. In fact it was intended to analyze the contribution of fine arts education in youth diagnosed with Attention Deficit Hyperactivity Disorder. It is believed to work creativity in the arts with young hyperactive directing the whole school context , will promote the construction of knowledge in the teaching- learning process as well as will provide pleasant moments at work in the classroom. It is believed that this theme becomes appropriate both under a professional-social and personal perspective, as many young people with Attention Deficit Hyperactivity Disorder are usually very creative and can focus intensely on something they really like. We conclude that the art making appeared as an excellent tool for minimizing the symptoms of hyperactivity and the Visual Arts helped to keep the attention of an young boy diagnosed with PHDA and assisted in strengthening individual identity, encouraged autonomy and provided an increase in self-esteem.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor
URI: http://hdl.handle.net/10284/4790
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE DE MESTRADO em Ciências da Educação - Educação Especial, Maria del Mar Amate.pdf4,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.