Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4784
Título: Efeitos agudos do alongamento estático na variabilidade da frequência cardíaca
Autor: Faria, Artur Alfredo Jorge de
Orientador: Oliveira, José Lumini de
Palavras-chave: Sistema nervoso autónomo
Função autonómica
Alongamento estático
Autonomic nervous system
Autonomic function
Static stretching
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: O sistema nervoso autónomo é importante para o controlo de funções vitais do organismo, sendo facilmente influenciado por estímulos externos. Um desses estímulos é o alongamento. O alongamento é amplamente usado em actividades desportivas ou recreativas, pelo que é pertinente avaliar a sua influência no sistema nervoso autónomo. O presente estudo procurou verificar se o alongamento estático na forma do teste de sit-and-reach modificado, promove alterações agudas na variabilidade da frequência cardíaca, a qual é um indicador da actividade do sistema nervoso autónomo. Foram seleccionados 47 indivíduos e aleatoriamente divididos em dois grupos experimentais (Grupo 1 – n= 24; Grupo 2 – n= 23). O grupo 1 executou um alongamento de 1,5m e o grupo dois de 0,5m. Cada individuo foi analisado quanto a vários índices da variabilidade da frequência cardíaca, o momento anterior durante e posterior ao alongamento. O índice pNN50 obteve uma média total significativamente superior no grupo 2 (p< 0,05). Todos os índices obtiveram diferenças significativas entre o momento durante o alongamento e o momento anterior e posterior intra-grupo e intergrupal. O índice pNN50 obteve também diferenças inter-grupo no momento durante o alongamento. Não foi encontrada interacção protocolo/momento. The autonomic nervous system is important for the control of vital body functions, being easily altered by external stimuli. One of those stimuli is stretching. Stretching is broadly used in sport or recreational activities and therefore it is important to address its influence on the autonomic nervous system. The present study tried to verify if static stretching in the form of a modified sit-and-reach test, promotes acute changes on the heart rate variability, which is an indicator of the autonomic nervous system activity. Forty-seven (47) subjects were selected and randomly allocated in two experimental groups (Group 1 –n= 24; Group 2 – n= 23). Group 1 stretched for 1.5m and group 2 for 0.5m. Each subject was analyzed for several heart rate variability indexes, before, during and after the stretching period. The pNN50 index obtained a significantly superior total average on group 2 (p< 0.05). All other indexes had the moment during the stretching significantly different from the moment before and after the stretch, intragroups, and between-groups. The pNN50 index also obtained between-group differences on the moment during the stretching. No protocol/moment interaction was found.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Fisioterapia, ramo de Fisioterapia Desportiva
URI: http://hdl.handle.net/10284/4784
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TP_18147.pdf788,02 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.