Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4730
Título: Comparação de brackets auto-ligáveis com convencionais
Autor: Pereira, Pedro Filipe Lopes Moreira
Orientador: Pinho, Mónica Morado
Palavras-chave: Self-ligating brackets
Damon orthodontics
Convencional brackets
Clinical trial
Friction
Bacterial colonization
Pain levels
Efficiency
In-vivo
Optimal force levels
Ease of use
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: A cada ano que passa temos cada vez mais fabricantes de material ortodôntico a lançarem produtos relacionados com o bracket auto-ligável. Isto deve-se especialmente ao marketing realizado por diversas entidades, desde as próprias empresas que manufaturam os produtos em questão até aos Médicos Dentistas. Vários fabricantes deste tipo de aparelhos ortodônticos ou brackets afirmam que conseguem fazer com que o tratamento seja 50% mais rápido, o nível de dor e desconforto sentido pelo paciente seja menor, é necessária menor manutenção, cerca de 80% dos tratamentos não implica a extração de dentes, a dimensão dos brackets é menor e podem ser convencionados a partir de materiais que os façam imperfectíveis. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi verificar, com recurso a uma revisão bibliográfica, se existem realmente diferenças em vários parâmetros que façam com que uso de brackets auto-ligáveis seja vantajoso em comparação com os convencionais. Para a elaboração deste trabalho foram efetuadas pesquisas bibliográficas nas bases de dados: Pubmed, B-on, ScienceDirect e Google Academic. Os artigos incluídos nas pesquisas têm os seguintes idiomas: Inglês, Espanhol e Português. Trabalhar com um só modelo de bracket não é de forma alguma vantajoso, quer este seja auto-ligável ou convencional. O Médico Dentista deve ter ao seu dispor várias opções para que consiga efetuar o melhor tratamento possível tendo em conta o caso que lhe é presente. With each passing year we have more and more orthodontic equipment manufacturers to launch products with self-ligating bracket. This is due especially to marketing undertaken by various entities, from the companies themselves who manufacture the products in question to the Dentists. Many of the ads say that this type of braces or brackets, compared with the conventional methods, can make the treatment to be 50% faster, the level of pain and discomfort experienced by the patient is smaller, less maintenance is needed, about 80% of the cases does not involve the extraction of teeth and are considered more aesthetic for being transparent. In this direction, the purpose of this work is to verify, using a literature review, if there really is a difference in several parameters that make the use of self-bondable brackets advantageous compared to conventional. For the elaboration of this work it was conducted a literature search in databases like: Pubmed, B-on, ScienceDirect e Google Academic. The articles included in the research have the following languages: English, Spanish and Portuguese. Working with a single type of bracket it’s in no way advantageous, whether it’s conventional or self-bonding. The Dentist should have at their disposal several options so you can make the best possible treatment taking into account the case that it is present.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4730
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_21345.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.