Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4660
Título: Tabagismo durante a gravidez
Autor: Peixoto, Luciana Manuel da Silva Monteiro
Orientador: Santos, José Manuel dos
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Este estudo, cujo título é “Tabagismo durante a gravidez”, teve como objectivos: Identificar se as grávidas têm conhecimentos sobre os riscos que o fumo do tabaco pode originar no feto; Perceber por que via obtiveram os conhecimentos; Saber se as grávidas e os seus maridos/companheiros alteram o seu comportamento relativo ao uso do tabaco quando tomaram conhecimento de que estavam grávidas e saber se as grávidas que não fumam continuam expostas ao fumo do tabaco em casa ou no emprego. Na revisão bibliográfica, foi possível verificar que as mulheres que fumam durante a gravidez ou que estão expostas ao fumo do cigarro têm muitas probabilidades de vir a ter vários problemas durante a gestação como: ruptura prematura das membranas, morte fetal, parto pré-termo e baixo peso ao nascer. Tendo em conta os objectivos acima descritos, optou-se por um estudo descritivo, quantitativo, transversal em meio natural. O método de recolha de dados escolhido foi o questionário. A amostra foi constituída por 25 grávidas, com idades compreendidas entre os 28 e 39 anos, estas foram escolhidas através do método de amostragem não probabilística. De acordo com os resultados obtidos, destaca-se que, todas as participantes revelaram ter conhecimentos sobre os malefícios do cigarro para o feto, 40% delas reduziram a quantidade de cigarros diariamente e 24% deixaram de fumar, sendo que a maior parte por iniciativa própria. A maioria dos maridos/companheiros mantiveram o seu consumo de cigarros diário. This study, entitled “Smoking during pregnancy” has the following objectives: to determine if pregnant women are aware of the risks to the fetus that smoking can cause; to assess how this information was acquired; to discover if pregnant ladies and their husbands/partners changed their behaviour relative to smoking once the pregnancy was known, and; to ascertain if pregnant ladies who smoked continue exposed to cigarette smoke at home or at work. From reading the research material, it was possible to verify that women who smoke during pregnancy, or who are exposed to cigarette smoke, have a much higher probability of various problems during pregnancy such as: premature membrane rupture, fetal death, premature birth and low birth weight. Taking into account the objectives outlined above, a descriptive, quantitative and transverse study was chosen, to be carried out in a natural environment. A questionnaire was chosen as the method for collecting data. The study comprised 25 pregnant women, aged between 28 and 39 years, chosen via a non-probabilistic sampling method. In accordance with the results obtained, the fact that that while all the participants were shown to be aware of the harm that smoking can cause in pregnancy, and 40% reduced how many cigarettes were smoked, 24% stopped smoking, most of the participants of their own accord. Daily was highlighted; the majority of husbands/partners maintained their daily consumption.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/4660
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PG_19840.pdf601,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.