Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/458
Título: Expressão facial
Outros títulos: o reconhecimento das emoções básicas em dependentes de cocaína
um estudo empírico com portugueses
Autor: Freitas-Magalhães, A.
Castro, Erico
Palavras-chave: Expressão facial
Emoções básicas
Percepção psicológica
Cocaína
Data: 2007
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Revista da Faculdade de Ciências da Saúde. Porto. ISSN 1646-0480. 4 (2007) 314-319.
Relatório da Série N.º: Revista da Faculdade de Ciências da Saúde
4
Resumo: Este artigo dá conta de uma investigação sobre o efeito da cocaína na identificação e reconhecimento das emoções básicas (alegria, tristeza, cólera, surpresa, aversão, medo e desprezo). A amostra envolveu 70 participantes portugueses (25 mulheres, m= 30.5, Dp= 4.2; 45 homens, m= 36.7, Dp= 5.6) diagnosticados com perturbações induzidas por cocaína (American Psychiatric Association, 2000). Confirmou-se que os dependentes de cocaína apresentam dificuldades na identificação e caracterização das emoções básicas universais com excepção da tristeza e da cólera, com valorada incidência nos últimos dois dias, a qual foi decrescendo com o decorrer do tempo da abstinência. Os resultados confirmam, ainda, que as mulheres são mais espontâneas na identificação e caracterização das emoções básicas do que os homens. os homens não são tão espontâneos e consistentes naquela identificação, manifestando erros recidivos de percepção emocional. São também mais espontaneamente identificadas pelas mulheres as emoções básicas exibidas. This paper presents a research on the effect of the cocaine in the identification and recognition of the basic emotions (joy, sadness, anger, surprise, disgust, fear and contempt).The sample involved 70 portuguese participants (25 women, m = 30,5, SD = 4,2;45 men, m = 36,7, SD = 5.6) diagnosised with induced Disturbances for cocaine (American Psychiatric Association, 2000). the results confirm that the cocaine dependents present difficulties in the identification and characterization of the universal basic emotions with exception of the sadness and cólera. the results confirm, still, that the women are more spontaneous in the identification and characterization of the basic emotions of that the men.the men are not so spontaneous and consistent in that identification, revealing frequents errors of emotional perception.
URI: http://hdl.handle.net/10284/458
ISSN: 1646-0480
Aparece nas colecções:FCS - Número 04 (2007)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
314-319 REVISTA_FCS_04-5.pdf122,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.