Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4537
Título: A cidade difusa e os instrumentos para o seu (re)conhecimento
Outros títulos: o “atlas ecléctico” de Stefano Boeri
Autor: Sucena-Garcia, Sara
Palavras-chave: Cidade difusa
Planeamento urbano
Representação urbana
Mapeamento urbano
Atlas Ecléctico
Diffuse city
Urban planning
Urban representation
Urban mapping
Eclectic Atlas
Data: Dez-2014
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: A Obra Nasce: revista de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Fernando Pessoa. Porto. ISSN 2183-427X. 8 (dez. 2014) 113-123
Relatório da Série N.º: A Obra Nasce: revista de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Fernando Pessoa;8
Resumo: A cidade difusa é o contexto, no quadro da cidade contemporânea, de que parte o presente artigo. Apesar de comparável em certos aspectos a outras realidades urbanas mundiais, essa assume características estruturais específicas que lhe garantem uma localidade concreta, europeia, mesmo que não possa ser generalizável nesse espaço. É possível, então, descrever os seus atributos, sistematizando factos de incompreensão julgados caóticos, mas que assim se classificam – essencialmente – por recusa de ver a figura urbana que está diante dos olhos. A necessidade da sua conceptualização para, em consequência, definir um aparato técnico que lhe seja ajustado, é, contudo, condição para planear e intervir na nova realidade urbana. A noção de um “atlas ecléctico”, tal como descrito por Stefano Boeri (1997/2011) em vários textos, é pretexto para discorrer sobre a pertinência deste instrumento para o (re)conhecimento da cidade difusa, assim a legitimando como expressão urbana «plena».
The diffuse city is the concept, within the contemporary city framework, from which stems this paper. Although comparable to some extent to other world urban realities, the diffuse city assumes specific structural features that grant it a concrete placement, a European rootedness, though it may not be generalized within this space as a whole. It’s therefore possible to describe some of its characteristics, pointing out its typical misunderstood aspects, broadly seen as chaotic, a classification mostly due to a refusal to see the urban figure that is before our eyes. The need of its conceptualization to define an adjusted technical apparatus is, however, a prerequisite to plan and act in the new urban reality. The notion of an “eclectic atlas”, as described by Stefano Boeri, is a pretext to discuss the relevance of this instrument for the (re)cognition of the diffuse city, thus legitimating it as full urban expression.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10284/4537
ISSN: 2183-427X
Aparece nas colecções:A Obra Nasce - Nº 08 (dez. 2014)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
art. 113-123.pdf977,34 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.