Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4531
Título: Arquitectura orgânica – da metáfora à forma pelo digital
Autor: Santiago, Pedro
Palavras-chave: Bio desenho
Padrões
Projecto sustentável
Sistemas digitais
Metabolismo
Bio design
Patterns
Sustainable design
Digital systems
Metabolism
Data: Dez-2014
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: A Obra Nasce: revista de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Fernando Pessoa. Porto. ISSN 2183-427X. 8 (dez. 2014) 45-58
Relatório da Série N.º: A Obra Nasce: revista de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Fernando Pessoa;8
Resumo: Assistimos hoje, como civilização, a uma mudança global profunda a várias escalas e níveis, uma enorme alteração do nosso mundo físico, tecnológico e cultural. Próximo do colapso, o planeta está a lidar com um desequilíbrio de forças e energias, com repercussões em todo o ecossistema e biomas. Algumas teses científicas defendem um ponto sem retorno, outras defendem um ciclo natural, não tão alarmante. No entanto, ambas concordam com a mudança, como um facto inegável. A consequência mais visível é o aquecimento global, ainda um tema controverso, mas mesmo assim já mensurado e testemunhado através de métodos científicos. Quando a temperatura média sofre mudanças, o efeito sobre os ecossistemas é enorme, alterando, portanto, a face do planeta tal como o conhecemos. Este trabalho estabelece e aponta uma possível posição do arquitecto face a essas mudanças de paradigma, recorrendo à tecnologia digital como uma forma de melhor compreender e desenhar com os princípios naturais, propondo o resultado do projecto, o nosso universo construí- do, como um organismo ecossistémico.
We, as a civilization, are witnessing today a profound global change on a variety of scales and levels, facing a huge shift of our physical, technological and cultural world. On the edge of collapse, the planet is dealing with an unbalance of energies and forces with repercussions on all ecosystems and biomes. Some scientific thesis defend a point of no return, others defend a natural cycle, not so alarming. Both agree on the change taking place, turning it into an undeniable fact. The most visible consequence is global warming, still a controversial theme, but nonetheless already measured and testified by scientific methods. When the temperature changes the cause and effect on ecosystems is huge, therefore changing the face of the planet as we know it. This work establishes and points a possible position of the architect facing these paradigm shifts and through the use of digital technology as a way to better understand and design with the natural principles proposing the project outcome, our built universe as an ecosystemic organism.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10284/4531
ISSN: 2183-427X
Aparece nas colecções:A Obra Nasce - Nº 08 (dez. 2014)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
art.45-58.pdf130,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.