Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4528
Título: Impacto das Perturbações do Espectro do Autismo nas Figuras Parentais
Autor: Benevides, Joana da Costa
Orientador: Marinho, Susana
Palavras-chave: ISP
PEA
Stresse parental
Coping
PSI
ASD
Parental stress
Coping
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: As Perturbações do Espectro do Autismo (PEA) caracterizam-se por um défice grave e global em variadas áreas do desenvolvimento nomeadamente em termos de competências sociais, competências de comunicação e presença de comportamentos e interesses restritos e estereotipados. Tradicionalmente, as PEA incluíam, de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de perturbações Mentais – DSM-IV (APA, 2002), Perturbação Autística, Perturbação de Rett, Perturbação Desintegrativa da Segunda Infância, Perturbação de Asperger e Perturbação Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação. Com a entrada do DSM-5 (APA, 2013), embora ainda não em uso em Portugal, as PEA inserem-se no grupo das Perturbações do Neurodesenvolvimento. Diversos estudos têm demonstrado que pais de crianças com problemas de saúde, nos quais se inclui as PEA, experienciam elevados níveis de stresse parental (Santos, 2008; Santos, 2002; Schmidt, Dell’Aglio & Bosa, 2007). O estudo realizado pretendeu analisar o impacto parental da presença de uma criança com PEA, traduzido nos níveis de stresse evidenciados pelos pais podendo resultar na implementação de programas de apoio aos pais de crianças com esta problemática. Participaram neste estudo 49 pais e mães de crianças e adolescentes com PEA que responderam ao Índice de Stresse Parental – Versão Reduzida (Flores & Brandão, 1997). Os resultados encontrados não mostram diferenças estatisticamente significantes quanto ao sexo dos pais e ao tipo de PEA. Também não foi encontrada uma relação significante entre stresse parental e idade do diagnóstico e o facto da criança/adolescente usufruir ou não de apoio, contrariando assim muitos dos estudos consultados. Os resultados alcançados neste estudo poderão pressupor estratégias de coping por parte dos pais utilizadas de forma a lidar com as adversidades inerentes e derivadas de uma condição de PEA, bem como um apoio social e familiar bem sustentado.
Autism Spectrum Disorders (ASD) are characterized by a serious deficit in global and various stages of development particularly in terms of social skills, communication skills and presence of stereotyped behaviors and restricted interests. Traditionally, ASD included, according to the Diagnostic and Statistical Manual of Mental disorders - DSM-IV (APA, 2002), Autistic Disorder, Rett's Disorder, Childhood Second Disintegrative Disorder, Asperger's Disorder and Pervasive Developmental Disorder Not Otherwise specification. With the entry of the DSM-5 (APA, 2013), although not yet used in Portugal, ASD are part of the group of Neurodevelopment Disorders. Several studies have shown that parents of children with health related problems, including ASD, experience high levels of parental stress (Santos, 2008; Santos, 2002; Schmidt, & Dell'Aglio Bosa, 2007). This study aimed to assess the impact on parental stress that a child with ASD induce, which may leed to the implementation of programs focusing on parents of the children with ASD. The study included 49 parents of children and adolescents with ASD who completed the Parental Stress Index – Short Form (Flores & Brandão, 1997). The results show no statistically significant differences in the sex of the parents and the type of PEA. Also non a significant relationship between parental stress and diagnosis age and the fact that the child / adolescent has or not support was found, which is not according with literature. The results achieved in this study may assume that coping strategies are used by parents in order to deal with adversities inherent and derived a condition of PEA, as well as a well-sustained social and family support.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/4528
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Joana Benevides.pdf2,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.