Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4497
Título: Hábitos de estudo e competências cognitivas em alunos do terceiro ciclo e secundário
Autor: Aveiro, Maria Luísa Figueira da Silva
Orientador: Ramalho, Joaquim
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Alguns problemas de aprendizagem são explicados pela ausência ou uso inadequado dos hábitos de estudo. Deste modo, a utilização destes hábitos tornam-se fundamentais uma vez que auxiliam no percurso de aprendizagem do aluno, através de um empenho e participação ativa (Silva & Sá, 2007). O presente estudo observacional transversal, centra-se na relação das seguintes variáveis: hábitos de estudo, competências cognitivas (memória, atenção e perceção), locus de controlo e rendimento escolar. Foi avaliada uma amostra constituída por 350 alunos, das escolas EB 123/PE Bartolomeu Perestrelo (Funchal) e ES/2,3 de Águas Santas (Maia). Os participantes tinham idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos de idade (N = 350; M = 15,23 DP = 1,822), a frequentar o terceiro ciclo e ensino secundário. De modo a avaliar os participantes recorreu-se à elaboração de um Questionário Sócio-Demográfico, Inventário de Hábitos de Estudo de Pozar (1997), Teste de Perceção de Diferenças de Thurstone e Yela (1995), Inventário de Locus de Controlo de Levenson (1973), um exercício para avaliar a atenção, e um exercício para avaliar a memória, ambos os exercícios foram elaborados pela autora do estudo. A análise estatística de tratamento de dados consistiu na execução de uma análise de variância, one-way ANOVA e de uma análise de correlação de Pearson. A análise dos dados permitiu constatar que existe uma relação estatisticamente significativa entre a perceção e o rendimento escolar; entre o locus de controlo interno e as notas escolares de algumas disciplinas; e entre as escalas do IHE e as notas escolares de algumas disciplinas. Bem como, verificou-se a existência de diferenças estatisticamente significativas entre os alunos que possuem diferentes níveis de atenção e de memória face às notas escolares de algumas disciplinas; entre os alunos que possuem diferentes níveis de memória face ao locus de controlo interno; e entre os alunos que possuem diferentes níveis de atenção face a algumas escalas do IHE.
Some of the learning difficulties are explained by the absence or inadequate use of study habits. Thus, the use of such habits becomes fundamental in the way it supports the student’s learning course, through commitment and pro-active participation (Silva & Sá, 2007). The current cross-observational study focuses on the correlation of the following variables: study habits, cognitive competencies (memory, attention span and perception), locus of control and school performance. A sample of 350 students was measured, from the schools EB 123/PE Bartolomeu Perestrelo (Funchal) and ES/2,3 de Águas Santas (Maia). The participants were aged between 12 and 18 years old (N = 350; M = 15,23 DP = 1,822), attending third grade and secondary school. In order to evaluate the participants, one had to resort to a Social-Demographic Questionnaire; Study Habits Inventory (1997) by Pozar; Testing Perception of Differences (1995) by Thurstone and Yela; Locus of Control Scale (1973) by Levenson; an exercise to measure attention span; and an exercise to measure memory. The latter two exercises have been developed by this study’s author. The statistical review of data consisted on executing a variance analysis, oneway ANOVA and a Pearson’s correlation coefficient. The data analysis has shown that there is a significant statistical relationship between perception and school performance; between internal locus of control and school grades of certain subjects; and between the scales of IHE and school grades of certain subjects. In addition to this, significant statistical differences have been found among students who possess different attention span levels and memory levels in relation to school grades of certain subjects; between students who possess different levels of memory in relation to the internal locus of control; and between students who possess different attention span levels in relation to particular IHE scales.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa, como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia da Educação e Intervenção Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4497
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação final.pdf2,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.