Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4458
Título: Revisão sobre os cimentos de obturação utilizados em Endodontia
Autor: Teixeira, Joana Fernandes Rodrigues Nobre
Orientador: Vasconcelos, Natália
Palavras-chave: Endodontic sealers
Obturation materials
Root canal filling
MTA
Obturation cements
Epoxy resin
Root canal cements
Bioceramic material
Resin sealers
Calcium hidroxide AND endodontic sealers
Aggregate trioxide mineral AND endodontic sealers
Resilon AND endodontic sealers
Zinc oxideeugenol AND endodontic sealers
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: O sucesso do tratamento endodôntico está dependente de uma limpeza e conformação e posterior obturação dos canais radiculares, com o objectivo de obter um selamento hermético ideal, a fim de evitar o fracasso endodôntico. Para isso, é necessário obter a conjugação de materiais sólidos e plásticos, de modo, a que a sua combinação seja o mais biocompatível com os tecidos biológicos. Um cimento ideal deve aderir firmemente tanto à dentina como à guta-percha. Nesse sentido, realizou-se uma pesquisa bibliográfica recorrendo às bases de dados da Pubmed, Science Direct, B-On, Elvesier, SciELO e Wiley com as seguintes palavras-chave: “endodontic sealers”, “obturation materials”, “root canal filling”, “MTA”, “obturation cements”, “epoxy resin”, “root canal cements”, “bioceramic material”, “resin sealers”, “calcium hidroxide AND endodontic sealers”, “aggregate trioxide mineral AND endodontic sealers”, “resilon AND endodontic sealers” e “zinc oxide eugenol AND endodontic sealers”. A pesquisa resultou num total de 69 artigos consultados. No presente trabalho pretende-se avaliar e comparar as propriedades físicas e químicas de alguns cimentos endodônticos e comparar a sua eficácia no selamento hermético dos canais radiculares. O cimento de óxido de zinco eugenol é um cimento utilizado já há muitos anos e foi durante muito tempo o cimento padrão em Endodontia, embora atualmente já esteja em desuso por terem aparecido cimentos com melhores propriedades. Cimentos endodônticos contendo hidróxido de cálcio foram lançados no mercado com o objetivo de aproveitar as propriedades biológicas do hidróxido de cálcio, nomeadamente a sua capacidade de estimular a calcificação. No entanto, este tipo de cimento é facilmente reabsorvível. Os cimentos de resina foram desenvolvidos para serem utilizados em vez de óxido de zinco eugenol, melhorando assim o selamento dos canais radiculares e conferindo-lhes mais força quando comparados com os materiais convencionais e são atualmente os cimentos mais utilizados em Endodontia. O agregado de trióxido mineral (MTA) surgiu como o material de escolha para reparação de perfurações da raiz e barreira apical nos anos 90, um período revolucionário marcado por muitos avanços na Endodontia. Atualmente, ele é utilizado não só em perfurações da raiz, mas também no Tratamento Endodôntico como cimento endodôntico, na obturação da porção apical de dentes imaturos, e em obturações retrógradas. O sistema Resilon consiste de Resilon com um primer e um cimento e tem ganhado popularidade por causa de sua capacidade de ligação à parede do canal radicular e criar um selamento radicular a longo prazo. É utilizado em conjunto com um novo cimento resinoso, Epiphany, com capacidade de ligação com a dentina. As biocerâmicas são materiais cerâmicos biocompatíveis, inertes para o corpo humano, que são usados numa variedade de procedimentos médicos. Estes materiais são óxidos cerâmicos ou metálicos com requisito de biocompatibilidade para qualquer função como tecidos humanos ou para reabsorver e estimular a regeneração dos tecidos naturais. As aplicações endodônticas incluem material cirúrgico de preenchimento do ápice radicular, material de reparação radicular, material de selamento do canal radicular e recobrimento pulpar. Dada a importância do tratamento endodôntico, é de enorme relevância que se continue a investir mais e mais, a fim de tentar reunir todas as características dum cimento ideal, visto que até a actualidade, não existe um cimento endodôntico ideal para o selamento dos canais radiculares. Conclui-se que os cimentos à base de resina são actualmente o materiais mais próximos de um cimento ideal, ainda que as biocerâmicas se estejam a mostrar bastante promissoras. The success of the endodontic treatment is dependent of a cleansing and arrangement and subsequent root canal filling with the goal to achieve an ideal hermetic sealing, in order to avoid an endodontic failure. Therefore, it is necessary to obtain a combination of solid and plastic materials so that it’s combination may be as biocompatible as possible with the biologic tissues. The ideal cement should adhere more firmly either to the dentine as to the guta-percha. In that sense, a bibliographic research has been made, using the data base of Pubmed, Science Direct, B-On, Elvesier, SciELO e Wiley with the following key words “endodontic sealers”, “obturation materials”, “root canal filling”, “MTA”, “obturation cements”, “epoxy resin”, “root canal cements”, “bioceramic material”, “resin sealers”, “calcium hidroxide AND endodontic sealers”, “aggregate trioxide mineral AND endodontic sealers”, “resilon AND endodontic sealers” e “zinc oxide eugenol AND endodontic sealers”. In the present document it is intended to evaluate and compare the physical and chemical properties of some endodontic cements and compare it’s effectiveness in the hermetic sealing of the root canals. The zinc oxide eugenol cement has been used for many years and was during a long period of time the standard cement used in Endodontics. Endodontic cements containing calcium hydroxide were launched in the market with the aim to take advantage of calcium hydroxide’s biologic properties, particularly it’s ability to stimulate calcification. The resin cements were developed to be used instead of zinc oxide eugenol, improving the root canal sealing and thus increasing the strength compared to the conventional products. Mineral trioxide’s aggregate has emerged in the 90’s as the product of choice for root perforation repair and apical barrier, a revolutionary period that was characterized by many advances Endodonitcs. Currently it’s used not only in root perforations, as well as in endodontic treatement as the main endodontic cement in apical portion closure of young teeth and backward enclosures. The Resilon system consists of Resilon with a primer and a cement that has been gaining popularity because of it’s capability of connection to the root canal wall and create a root sealing on a long term. It is used combined with Epiphany, a new resin cement, with capacity to connect to the dentine. The bioceramics are biocompatible products, inerts to the human body, that are used in a variety of medical procedures. These materials are ceramic or metallic oxides with biocompatibility required to any human tissue function or reabsorn and stimulate the regeneration of the natural tissues. The endodontic applications include cirurgic material filling, repair, sealing of the root apex and pulp restoration. Given the relevance of endodontic treatment, it is highly important the investment in order to gather all the characteristics of an ideal cement, since to this day, there is no ideal endodontic cement for the root canal sealing. Thus, it can be concluded that the resin based cements are currently the closest materials to the ideal cement, even though the bioceramics are showing to be promising.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4458
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_21548.pdf471,99 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.