Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4438
Título: Os efeitos da vibração no padrão eletromiográfico dos músculos da coxa
Autor: Meneses, Rui
Orientador: Seixas, Adérito
Rodrigues, Sandra
Palavras-chave: Exercício vibratório
Eletromiografia
Atividade muscular
Whole body vibration
Eletromyography
Muscle activity
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Objetivo: o objetivo deste estudo é analisar respostas eletromiográficas dos músculos da coxa expostos a diferentes frequências vibratórias para verificar a hipótese de diferentes frequências vibratórias determinarem diferentes respostas neuromusculares. Metodologia: oito participantes do sexo masculino foram expostos à vibração usando uma plataforma vibratória síncrona sendo expostos aleatoriamente a duas vibrações (25Hz e 50Hz) e a um procedimento de controlo, sem recurso à vibração. A amplitude usada foi de 5mm. Resultados: nos músculos STD e STND há um aumento da contração muscular na exposição à vibração à medida que a frequência aumenta. No músculo BFD a mais alta atividade muscular foi registada nos 25Hz. Não se verificaram quaisquer influências estatisticamente significativas da vibração na atividade muscular dos músculos VMD, VMND, VLD, VLND e BFND. Conclusão: a exposição à vibração não tem influência na atividade muscular de todos os músculos. Porém quando esta influencia a atividade muscular de algum músculo, apenas a aumenta e nunca a diminui. Objective: The aim of this study is to analyze electromyographic responses of the thigh muscles exposed to different vibrational frequencies to verify the hypothesis of different vibrational frequencies determine different neuromuscular responses. Methods: Eight male participants were exposed to vibration using a synchronous vibration platform being randomly exposed to two vibrations (25Hz and 50Hz) and a control procedure, without recourse to vibration. The amplitude of 5mm was used. Results: STD muscles and STND there is an increase in muscle contraction vibration exposure as the frequency increases. In muscle BFD highest muscle activity was recorded in 25Hz. There were no statistically significant influences of vibration on muscle activity of the muscles VMD, VMND, VLD, and VLND BFND. Conclusion: Exposure to vibration has no influence on muscle activity of all muscles. But when it influences muscle activity in some muscle, only increases in and never decreases.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciado em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/4438
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PG_23933.pdf561,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.