Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4390
Título: Reabilitação Oral em Pacientes Maxilectomizados
Autor: Pereira, Ângela Maria Lopes
Orientador: Silva, Cláudia Sofia
Palavras-chave: Oral cancer
Oral rehabilitation
Maxillary defects classifications
Maxillofacial defects
Prosthodontic rehabilition
Prosthetic rehabilition in maxillary defects
Inflatable hollow obturator
Dental implants in maxillectomized patients
Zigomatic dental implants
Maxillectomy patient
History of obturators
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Apesar da cavidade oral ser um local de fácil acesso e observação, a realidade é que a incidência do cancro oral no nosso país é cada vez mais elevada. O mais preocupante é, sem dúvida, o tardio diagnóstico deste tipo de patologia que acaba por contribuir para taxas de morbilidade e mortalidade elevadas. Desta forma, o conhecimento da sintomatologia adjacente ao cancro oral, quer por parte dos profissionais de saúde, quer por parte da população em geral, assume uma importância crucial para a minimização das taxas bem como das sequelas a que este tipo de patologia se associa. O tratamento do cancro oral assume diversas modalidades, entre as quais a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia, todavia é a cirurgia que se assume como tratamento de primeira linha, na maioria dos casos. Desta, resultam defeitos cirúrgicos que, quando acometem a maxila, designam-se por defeitos maxilares e que causam danos estéticos e funcionais que comprometem não só o estado físico do paciente como também o seu estado psicológico e funcional. A qualidade de vida dos pacientes maxilectomizados é, em muito, minimizada e a cura desta patologia passa não só pela erradicação da doença como também pela reabilitação estética e funcional do paciente permitindo o restabelecimento de funções básicas como a mastigação, deglutição e fonética. Assim sendo, e numa época em que o cancro oral é, cada vez mais, retratado é primordial que o médico dentista conheça, de forma abrangente, as diversas abordagens e procedimentos existentes que permitem a reabilitação do paciente, desde a cirurgia reconstrutiva, à reabilitação protética e até mesmo à reabilitação com implantes. Na busca por respostas para questões como “ O que fazer a um paciente após-maxilectomia?” ou “ Quais as opções de reabilitação que posso apresentar?” foi realizada uma revisão bibliográfica, tendo sido encontrados artigos relativos a esta temática publicados entre 1998 e 2014, pesquisados com palavras-chave como: oral cancer; oral rehabilitation; maxillary defects classifications; maxillofacial defects; prosthodontic rehabilition; prosthetic rehabilition in maxillary defects; inflatable hollow obturator; dental implants in maxillectomized patients; zigomatic dental implants; maxillectomy patient; e history of obturators. Como resultados desta foi possível constatar que a reabilitação oral do paciente maxilectomizado é ainda uma temática controversa nos dias de hoje. Apesar de tal facto, conclui-se que não existe apenas uma opção reabilitadora para estes pacientes, sendo diversas as abordagens que podem ser realizadas pelo que a existência de uma equipa multidisciplinar que integre profissionais de diversas áreas, desde a oncologia, cirurgia oral, prostodontia entre outras, é fundamental. De uma forma geral, foram abordadas três opções reabilitadoras à disposição destes pacientes sendo elas a cirurgia reconstrutiva com enxertos, a reabilitação protética destes defeitos, abordando-se os tipos de próteses obturadoras existentes; bem como a reabilitação com implantes dentários usando como recurso não só os implantes convencionais como também os implantes zigomáticos. Although the oral cavity is a place of easy access and observation, the reality is that the incidence of oral cancer in our country is increasingly high. The most principal problem is, undoubtedly, late diagnosis of this type of pathology that ultimately contributes to high rates of morbidity and mortality. Thus the knowledge of the symptomatology adjacent to oral cancer, which by health professionals or by general population, is very important for the minimization of rates and injuries that this disease provokes. The treatment of oral cancer could be surgery, chemotherapy and radiotherapy, however surgery is the first treatment, in the most of cases. When the maxilla is affect, the surgical defects are termed maxillary defects and these cause cosmetic and functional impairment that compromises not only the physical condition of the patient but also their psychological and functional status. The quality of life of maxillectomy patients are very low and the cure of this disease involves not only the eradication of the disease as well as the aesthetic and functional rehabilitation of the patient allowing the restoration of basic functions such as chewing, swallowing and speech. This way is essential that dentists know the various approaches and procedures for rehabilitate these patients as like reconstructive surgery, prosthetic rehabilitation and rehabilitation with implants. In this search, with the objective to answer a questions as like “What can I do in maxillectomized patients?” and “What are the options that I have to rehabilitate these patients?” were made a review with keys-words: oral cancer; oral rehabilitation; maxillary defects classifications; maxillofacial defects; prosthodontic rehabilition; prosthetic rehabilition in maxillary defects; inflatable hollow obturator; dental implants in maxillectomized patients; zigomatic dental implants; maxillectomy patient; e history of obturators. With this review was possible conclude that the oral rehabilitation of these patients is controversial. Despite this fact, the conclusion is that doesn´t exist only one option for these patients so is important have a multidisciplinary team that should integrate an oncologic specialists, oral surgeons, prosthetics and others. In general, three rehabilitative options are available to these patients wich are reconstructive surgery with grafts, prosthetic rehabilitation (obturator prosthesis) and the rehabilitation with dental implants that can be resorted with conventional implants or zygomatic implants.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4390
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_21577.pdf762,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.