Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4363
Título: Líquen Plano Oral
Outros títulos: lesão Pré-Maligna?
Autor: Ceita, Jackson
Orientador: Trancoso, Pedro
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: O líquen plano da mucosa oral (LPO) caracteriza-se por ser doença mucocutânea auto-imune crónica, que afecta a mucosa oral em 60-70% dos casos, mas também pode afectar a pele, mucosa genital, couro cabeludo e unhas. Com etiologia desconhecida, o LPO é caracterizado por uma resposta imunológica mediada pro células T, contra os antigénios no epitélio da mucosa e/ou pele, tornando o diagnóstico da doença difícil. No sentido de compreender se o líquen plano oral é na realidade uma lesão pré-maligna, como descreve a Organização Mundial de Saúde, foi realizada uma revisão bibliográfica, datada entre 2000-2014, nos websites: Pub-Med, B-On, RCAAP, Wiley Online Library, bem como consultados livros e artigos de revistas científicas presentes nas bibliotecas universitárias: da Universidade Fernando Pessoa e na Universidade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. Conclui-se, após análise de 108 artigos científicos, que, não existe consenso entre os autores sobre o potencial de malignização do LPO, todavia, a maioria aponta para uma probabilidade de 1% dos pacientes, desenvolverem a patologia, no decurso dos anos. Compreende-se ainda que a terapia corticosteróide é a mais utilizada actualmente, na tentativa de evitar a transformação maligna do LPO, contudo, já existem novos agentes terapêuticos no mercado de Medicina Dentária, com boas perspectivas de cura. Oral Lichen planus (OLP) is an autoimmune chronic mucocutaneous disease that affects the oral mucosa in 60-70% of cases, but can also affect the skin, genital mucosa, scalp and nails. With unknown etiology, is characterized by an immune response mediated pro T cells against the antigens in the mucosal epithelium and / or skin, making difficult the diagnosis of the disease. In order to understand if the oral lichen planus is actually a pre - malignant lesion, as described by the World Health Organization, a literature review was conducted, dated between 2000-2014, on the websites: Pub-Med, B-On, RCAAP, Wiley Online library, as well as consulted books and journal articles present in university libraries: Fernando Pessoa University and the University of Dental Medicine of University of Porto. In conclusion, after analyzing 108 scientific articles, there is no consensus among authors about the malignant potential of OLP, however, the majority points to a probability of 1 % of patients develop squamous cells carcinoma in the course of years. It is understood also that corticosteroid therapy is the most currently used in an attempt to prevent malignant transformation of OLP, however, there are new therapeutic agents in dentistry market with good prospects of cure.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4363
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_JC.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.