Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4351
Título: Cancro oral HPV positivo
Outros títulos: diagnóstico e prevenção
Autor: Lopes, Mónica Miradouro
Orientador: Trancoso, Pedro Ferreira
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: O cancro da cabeça e do pescoço é responsável por aproximadamente 350 000 mortes por ano em todo o mundo. Trata-se de um verdadeiro problema de saúde pública universal. O tabaco e o álcool são os principais fatores etiológicos do cancro oral, mas nestas últimas décadas, tem-se assistido a um aumento da incidência do cancro oral associado ao vírus HPV – Human Papilloma Virus. Este último penetra nas camadas basais dos epitélios de transição, provocando dos tecidos infeção e posteriores lesões. O cancro oral HPV positivo possui características epidemiológicas diferentes, nomeadamente a idade mais jovens dos sujeitos doentes, mas também um melhor prognóstico relativamente ao cancro associado ao tabaco/álcool. Hoje em dia, aquando do diagnóstico do cancro oral, aproximadamente 70% das lesões já se encontram num estádio avançado (T3 e T4). O médico dentista, tem um papel fulcral tanto no despiste de lesões associadas ao vírus HPV, realizando sistematicamente uma correta anamnese e exame clínico, conseguindo desta forma, um diagnóstico precoce, como na informação e educação do paciente em relação aos factores de risco do cancro associado ao HPV. Ainda há muito que fazer em termos de prevenção primária no cancro da cabeça e pescoço. Desde há alguns anos que decorrem por todo o mundo planos nacionais de vacinação contra o cancro do colo do útero, também ele provocado pela infeção HPV. No entanto, no que diz respeito ao cancro oral HPV positivo, ainda não existem estratégias preventivas de tal escala. Ainda são necessários alguns estudos clínicos e tempo para provar a eficácia da vacina no cancro oral HPV positivo. Cancer of the head and neck is responsible for approximately 350 000 deaths per year worldwide. This is a real problem of universal public health. Tobacco and alcohol are the main risk factors of oral cancer, but in these last decades, we have witnessed an increased incidence of oral cancer associated with HPV - Human Papilloma Virus. The latter penetrates the basal layers of the transitional epithelia, causing the infection and subsequent tissue injury. Oral HPV positive cancer has different epidemiological characteristics, including patient age younger subjects, but also a better prognosis in relation to cancer associated with tobacco / alcohol. Nowadays, at the time of the diagnosis of oral cancer, approximately 70% of lesions are already in an advanced stage (T3 and T4). The dentist, has a key role both in screening for HPV-associated virus lesions, systematically making a correct anamnesis and clinical examination, thus achieving an early diagnosis, as information and patient education regarding risk factors of cancer associated with HPV. Yet there is much to do in terms of primary prevention in the head and neck cancer. For the past years worldwide national vaccination plans aiming the prevention of the cervix, also caused by HPV infection. However, with regard to oral HPV positive cancer, there are still no preventive strategies in such scale. Some clinical studies and time to prove the efficacy of the vaccine in oral cancer HPV positive are still needed.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4351
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_MonicaLopes.pdf197,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.