Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4339
Título: Intervenção da Fisioterapia Uroginecológica na Incontinência Urinária
Outros títulos: uma revisão sistemática
Autor: Alves, Diana Sofia Moreira
Orientador: Viana, Rui Antunes
Palavras-chave: Incontinência Urinária
Fisioterapia
Estudos randomizados controlados
Urinary Incontinence
Physiotherapy
Randomized controlled trials
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: Objetivo: Determinar a efetividade da Fisioterapia Uroginecológica no tratamento de mulheres com Incontinência Urinária (IU). Metodologia: Pesquisa computadorizada nas bases de dados Pubmed/Medline, Ebsco e PEDro para identificar estudos randomizados controlados que avaliam várias técnicas de intervenção de Fisioterapia Uroginecológica na IU. Resultados: Nesta revisão foram incluídos 10 estudos envolvendo 836 indivíduos, com classificação metodológica de 6 na escala de PEDro. Dos 10 estudos incluídos nesta revisão, tendo em conta a intervenção da Fisioterapia Uroginecológica na IU, 6 avaliaram a Fisioterapia no treino dos músculos do pavimento pélvico (TMPP), 3 têm em conta a aplicação do biofeedback (BFB), 5 a aplicação de electroestimulação (EE) e 4 a utilização de cones vaginais. Conclusão: A Fisioterapia Uroginecológica é fundamental tanto para a redução das perdas urinárias quer na melhoria da qualidade de vida das mulheres. Objective: To determine the effectiveness of Urogynecologic Physiotherapy treatment in women with Urinary Incontinence (UI). Methodology: Research on computerized databases on Pubmed/Medline, Ebsco and PEDro to identify randomized controlled trials that evaluates various Urogynecologic Physiotherapy interventions in UI. Results: This review include 10 studies involving 836 patients, with arithmetic mean methodology classification of 6 on the PEDro scale. From 10 the studies included in this review, taking into account the intervention of Urogynecologic Physiotherapy at UI, 6 evaluated the Physiotherapy in pelvic floor muscle training (PFMT), 3 take into account the application of biofeedback (BFB), 5 application for electrical stimulation (EE), and 4 the use of vaginal cones. Conclusion: The Urogynecological Physiotherapy is essential both to reduce urinary losses either in improving the quality of life of their bearers.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/4339
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Projeto final_21397.pdf223,46 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.