Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4332
Título: Efeitos dos treinos dos músculos inspiratórios na função pulmonar de nadadores de competição
Autor: Martins, Luís Filipe Oliveira
Orientador: Viana, Rui Antunes
Lemos, Catarina
Palavras-chave: Espirometria
Treino respiratório
Performance
Nadadores
Função pulmonar
Spirometry
Respiratory training
Performance
Swimmers
Pulmonary Function
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Objectivo: Determinar os efeitos do treino dos músculos inspiratórios na função pulmonar de nadadores de competição. Metodologia: Foram seleccionados 20 atletas de natação de competição e avaliados VEF1, CVF e PFE, através de provas de espirometria antes do início do período de treino dos músculos inspiratórios, em pré-teste, e 4 semanas depois, em pós-teste. Foi ainda utilizado um questionário sociodemográfico. Estes atletas realizaram treino de músculos inspiratórios recorrendo a um threshold durante 4 semanas, em treinos diários, onde foram submetidos a trinta repetições (30 RM), correspondentes a 50% da pressão inspiratória máxima estimada. Resultados: Verificou-se um aumento estatisticamente significativo do VEF1 (p=0,006), CVF (p=0,006) e PFE (p=0,01) no pós-teste. Conclusão: O treino dos músculos inspiratórios parece influenciar significativamente a função pulmonar de atletas de natação de competição. Purpose: determine de effects of inspiratory muscle training on the lung function of competitive swimmers. Methods: were selected twenty athletes of swim competition and spirometry tests where FEV1, FVC and PEF were assessed before the training period, in Pretest, to four weeks after, in Posttest. Was still used a sociodemographic questionnaire. These athletes performed inspiratory muscle training using a threshold for 4 weeks, in daily practice, where they underwent thirty repetitions (30 RM), corresponding to 50% of the estimated maximum inspiratory pressure. Results: There was a statistically significant increase in FEV1 (p=0,006), FVC (p=0,006) and PEF (p=0,01) at posttest. Conclusion: inspiratory muscle training appears to significantly influence the pulmonary function of athletes in competitive swimming.
URI: http://hdl.handle.net/10284/4332
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Projecto .pdf397,56 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.