Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4326
Título: Correlação entre a Capacidade Vital Expiratória Lenta por Espirometria e o Teste Ventilatório de Contagem Única
Autor: Ferreira, Débora Raquel da Silva
Orientador: Oliveira, José Lumini de
Manso, M. Conceição
Palavras-chave: Avaliação respiratória
Fisioterapia
Função pulmonar
Respiratory Assessment
Physiotherapy
Lung Function
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Objectivo: Verificar a validade do teste ventilatório de contagem única (TVCU) na prática clínica na determinação da capacidade vital expiratória lenta (CVEL) através da correlação entre a CVEL por espirometria e segundo o TVCU. Metodologia: A amostra composta por 50 índividuos, estudantes da Universidade Fernando Pessoa, os quais foram submetidos de forma aleatória a uma avaliação da CVEL por espirometria e pelo TVCU. Resultados: Verificou-se uma concordância entre os dois testes, obtendo-se uma correlação forte entre ambos, r = 0,902. Quando comparamos fumadores e não fumadores a correlação foi de r = 0,842 e r = 0,902, para praticantes de actividade fisica, ex-praticantes de actividade física há mais de um ano e, os que nunca praticaram actividade física, a correlação foi de r = 0,968, r = 0,977 e r = 0,871, respectivamente. Conclusão: A correlação forte entre as duas variáveis sugere que a avaliação da CVEL poderá ser substítuida em contexto clínico pelo TVCU. Objective: To verify the validity of single breath counting (SBC) in the clinical practice in the determination of the slow expiratory vital capacity (SEVC) thought the correlation between SEVC with spirometry and SBC. Methodology: Includes 50 individuals, students from University Fernando Pessoa, which were randomly submitted to review of SEVC and SBC. Results: There was an agreement between the two tests, was obtained one strong correlation between both, r = 0,902. When compared smokers and non-smokers the correlation was r = 0,842 and r = 0,902, for individuals which practice physical activity, former individuals which practice physical activity for more than a year, and never practiced physical activity, the correlation was r = 0,968, r = 0,977 and r = 0,871, respectively. Conclusion: The strong correlation between two variables suggests that the evaluation of SEVC may be replaced in clinical practice by SBC.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/4326
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Débora Ferreira n.º23994.pdf495,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.