Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4229
Título: Intervenção precoce na infância
Outros títulos: pais, profissionais que envolvimento?
“Práticas centradas na família: relação Técnico - Família”
Autor: Gonçalves, Maria Manuela Monteiro
Orientador: Costa, Ana
Palavras-chave: Intervenção Precoce na Infância
Técnicos / Profissionais de IPI
Práticas de Intervenção Centradas na Família
Early Childhood Intervention
Technicians/ ECI (early childhood intervention) Professionals
Family-centered intervention practices
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: As práticas atuais em Intervenção Precoce na Infância recomendam uma atuação centrada na família e nos contextos naturais de aprendizagem e de rotina de vida das crianças e suas famílias. O objetivo geral do estudo é conhecer as práticas de intervenção centradas na família a partir da perceção do técnico. Como objetivo específicos definiu-se: Identificar o contexto onde ocorre a intervenção; Conhecer as práticas que o técnico mais valoriza no apoio às famílias; Conhecer a avaliação do técnico na utilização das práticas de intervenção quanto à criança e quanto à família; Identificar obstáculos à atuação centrada na família; Conhecer obstáculos inerentes à prática, tanto na atuação familiar como no trabalho em equipa. Optou-se por um estudo exploratório de natureza quantitativa, com uma amostra por conveniência constituída por 43 técnicos ligados ao serviços da Educação, Saúde e Serviço Social a exercer funções em sete Equipas Locais de Intervenção Precoce na Infância do distrito de Viseu. Para a consecução desta investigação foi construído um inquérito por questionário composto por 10 questões maioritariamente com respostas numa escala de likert e algumas questões abertas, foi construído especificamente para este estudo. Nas principais conclusões deste estudo, verifica-se que os técnicos desta amostra correspondem às principais características da componente relacional das práticas de ajuda centradas na família. Os contextos onde ocorre a intervenção, são mais frequentemente e em alternância entre a casa a creche e o jardim de infância, estando de acordo com o que a literatura recomenda. Verifica-se que os técnicos dialogam com a família assuntos de ordem ideológica coerentes com os recomendados como sendo o meio de chegar às práticas centradas na família. Os técnicos salientam dificuldades ao nível da disponibilidade horária, número de horas insuficientes para os casos que apoiam condicionando as horas disponibilizadas a cada família. Salientam certas dinâmicas familiares, que não aceitam os apoios e muitas delas apenas permitem a ajuda à criança. Os técnicos auscultados salientam obstáculos tanto na atuação familiar como no trabalho em equipa enfatizam a pouca disponibilidade que não permite o envolvimento a 100% nos projetos, na troca de conhecimentos e na articulação com serviços. Referem a falta de recursos humanos específicos e necessários para o número de casos em apoio. Os mesmos técnicos salientam ainda, obstáculos inerentes à prática, referentes ao trabalho em equipa direcionados para a falta de recursos financeiros para aquisição de material específico, referem também a ausência de políticas adequadas que criem estabilidade ao nível dos recursos humanos existentes nas equipas e a necessidade de receberem formação na área, bem como a uniformidade de práticas existentes.
Current practices in Early Childhood Intervention recommend a performance focused on family-activities and natural learning environments and on the life’s routine of the children and their families. The proposed main aim: knowing the intervention family-centered practices considering the technician’s perception, concluded that the technicians correspond to the major characteristics of the relational component of aid family-centered practices, however the intervention focus is directed more to the child than to the family . In the main conclusions of this study, it is verified that the technicians of this sample correspond to the major characteristics of the relational component of aid familycentered practices. The contexts in which the intervention occurs, are more frequently and alternating between home, daycare and kindergarten, which is consistent with what the literature recommends. Considering the knowledge of the practices that the technician mostly appreciates in what concerns to the families’ support, it appears that the technicians dialogue ideological issues with the family, which are coherent to the recommended ones as the mean to reach out to family-centered practices. Regarding the obstacles of a family-centered intervention, technicians focus on the difficulties with time availability, short number of hours for cases which they support conditioning available hours to each family. Some family dynamics that do not accept support and, many of them, that only allow the support of the child are also emphasized. The technician’s auscultation highlights obstacles both in family activities as well in teamwork and emphasizes the limited availability that does not allow a 100% involvement in the projects, in the exchange of knowledge and in the articulation with the services. They refer the lack of specific and necessary human resources for the number of cases needing support. The same technicians also emphasize obstacles that are inherent to the practice, considering teamwork directed to the lack of financial resources to acquire specific material, also referring to the absence of appropriate policies to create stability at the level of existent human resources in teams and the need to acquire training in the area , as well as the uniformity of existing practices . We opted for an exploratory quantitative study with a convenience sample consisting of 43 technicians working on the services of Education, Health and also Social Service to perform the task in seven Local Teams for Early Childhood Intervention in the district of Viseu. To achieve this research an inquiry by questionnaire consisting on 10 questions, mostly with answers in the Likert scale and some open questions, was specifically ellaborated for this study.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio da Intervenção Precoce na Infância
URI: http://hdl.handle.net/10284/4229
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mestrado.pdf1,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.