Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4216
Título: Comunicação Centrada no Doente Crónico
Outros títulos: Validação do Health Care Communication Questionnaire para a População Portuguesa
Autor: Andrade, Sofia Mariana Moreira da Mota
Orientador: Silva, Isabel
Palavras-chave: Comunicação
Doentes crónicos
HCCQ
Qualidades psicométricas
Communication
Chronically sick
Psychometric qualities
Data de Defesa: 2014
Editora: [s.n.]
Resumo: Os processos de informação e comunicação em saúde apresentam uma importância crítica e estratégica, pois podem influenciar significativamente a qualidade dos serviços/cuidados prestados. São diversos os estudos que a literatura nos apresenta que provam que os problemas na comunicação que se estabelece entre os profissionais de saúde e os utentes são extremamente comuns e que aqueles afectam negativamente a gestão da doença e a adesão ao tratamento comprometendo, assim a eficácia dos planos de tratamento e a sua satisfação com os cuidados. Neste sentido os instrumentos de avaliação apresentam-se com um elemento chave para podermos caracterizar a situação em Portugal e assim podermos investir, nas áreas em défice, planeando eventuais formações dirigidas às reais necessidades da nossa sociedade, o que seria benéfico não só para os utentes dos serviços de saúde mas também, para todos os profissionais de saúde e as próprias instituições de saúde. O presente estudo tem como objectivo contribuir para a adaptação cultural e linguística do Health Care Communication Questionnaire (HCCQ) testando a sua validade, fidelidade e sensibilidade. Participaram 107 indivíduos, com uma ou mais doenças crónicas, com idades compreendidas entre os 19 e 86 anos. Estes indivíduos no final das suas consultas eram encaminhados para à sala dos investigadores onde lhes era, lida a declaração de consentimento livre e informado e caso aceitassem participar, era-lhes solicitado que respondessem a um questionário sócio-demográfico e ao HCCQ. Verificou-se a existência de uma boa consistência interna (α total = 0,89), existindo dois domínios que apresentam valores de consistência interna superiores aos encontrados pelos autores do instrumento. Tal como no estudo de Gremigni et al. (2008), encontramos a existência de 4 factores. Os resultados demonstram ainda que os participantes se encontram na sua maioria satisfeitos com a comunicação que estabelecem com os profissionais de saúde que os atendem. O HCCQ é um instrumento que para além de apresentar boas qualidades psicométricas se mostrou de fácil uso com os utentes dos nossos serviços de saúde.
Information processes and communication in health present a critical and strategic importance , as they can significantly influence the quality of service / care . There are several studies that the literature shows us that prove that the problems in the communication established between health professionals and users are extremely common and those that negatively affect disease management and treatment adherence committing , so the effectiveness of the plans treatment and satisfaction with care . In this sense the assessment instruments are presented with a key to be able to characterize the situation in Portugal and so we can invest in the deficit areas , planning any training courses the real needs of our society , which would be beneficial not only for users health services but also for all health professionals and health institutions themselves . The present study aims to contribute to the linguistic Health Care Communication Questionnaire ( HCCQ ) testing its validity , fidelity and sensitivity and cultural adaptation . 107 individuals participated , with one or more chronic diseases , aged between 19 and 86 years. These individuals at the end of their queries were directed to the room where the researchers was to them , read the declaration of free and informed consent and agreed to participate in the event , was requested them to answer a sociodemographic questionnaire and HCCQ . We verified the existence of a good (total α = 0.89) internal consistency, with two areas that have values greater internal consistency to those found by the authors of the instrument. As in the study Gremigni et al. (2008) found the existence of four factors. The results also demonstrate that the participants are in their most satisfied with their communication to healthcare professionals that serve them. The HCCQ is an instrument which apart from providing good psychometric qualities proved easy to use with the users of our health services .
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/4216
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Sofia Andrade.pdf2,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.