Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4203
Título: Constituição e comparação de adesivos usados em Ortodontia e compreensão das suas capacidades adesivas
Outros títulos: um estudo experimental entre três adesivos na colagem de brackets metálicos a esmalte de dentes humanos
Autor: Neto, Vando Luís Ribeiro
Orientador: Pinho, Mónica Morado
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A diversidade de adesivos existente, bem como das suas capacidades adesivas são essenciais no conhecimento do Médico Dentista de modo a que este possa aplicar a melhor opção consoante os casos que surgirem na prática clínica. Os objetivos deste estudo foram: comparar três adesivos usados na colagem de brackets quanto às suas forças adesivas, avaliar a quantidade deixada de adesivo na superfície de esmalte após a descolagem com forças de corte e observar as interfaces presentes com o auxílio de microscopia eletrónica de varrimento. 72 pré-molares humanos foram dividos em três grupos de estudo. Usando o método convencional de condicionamento ácido foram aplicados os adesivos Eagle No DriftTM, GrénglooTM e TransbondTM Plus na colagem de 72 brackets de aço inoxidável. Cada grupo foi dividido em dois subgrupos, sendo que um deles foi submetido a termociclagem em saliva artificial de modo a simular as condições na cavidade oral. De cada subgrupo, foram retirados 2 dentes para análise das interfaces através da microscopia eletrónica de varrimento. Os dez dentes restantes de cada um dos seis subgrupos foram submetidos a testes de resistência ao corte com uma máquina universal de testes e os valores convertidos em MPa. As superfícies de esmalte resultantes foram em seguida avaliadas segundo o Índice de Adesivo Remanescente (IAR) descrito por Årtun e Bergland (1984). A análise estatística realizada teve em consideração um nível de significância de 5%. Para a avaliação dos dados foram efetuados os seguintes testes estatísticos: análise de variância (ANOVA), teste de Kruskal-Wallis, Mann-Whitney e Teste T. Observaram-se diferenças estatisticamente significativas nos valores de adesão entre os 3 adesivos (p <0,05). O adesivo GrénglooTM, foi o que apresentou melhores valores de adesão. A termociclagem influenciou significativamente os valores adesivos do adesivo TransbondTM Plus (p <0,5). Todos os grupos, depois de submetidos a fadiga térmica, apresentaram valores de adesão clinicamente aceitáveis com a exceção do Eagle no DriftTM. O IAR mostrou diferenças significativas entre os adesivos e maior quantidade de material deixado na superfície do dente com os adesivos que apresentaram maiores valores de adesão. A análise pela microscopia eletrónica permitiu observar a diferença no modo de adesão em ambas as interfaces e a aparente expansão do adesivo TransbondTM Plus durante a ciclagem térmica. Concluíu-se que o adesivo de resina GrénglooTM e o compómero Transbond PlusTM são os melhores para a prática clínica sendo que apenas este último foi influenciado pela fadiga térmica. The diversity of the dental adhesives as well as their adhesive strength are key in the dentist’s knowledge so that he can implement the best choice according to the circumstances that arise in clinical practice. The objectives of this study were: to compare the shear bond strenght of three adhesives used for bonding brackets, assess the amount of adhesive left on the enamel surface after debonding with shear forces and observe the interfaces with the aid of scanning electron microscopy. 72 human premolars were divided into three study groups. Using the conventional method of etching, the adhesives Eagle No DriftTM, GrénglooTM and TransbondTM Plus were applied for bonding 72 stainless steel brackets. Each group was divided into two subgroups, one of which was subjected to thermocycling in artificial saliva to simulate the environment in oral cavity. From each subgroup, two teeth were removed for analysis of interfaces by scanning electron microscopy. The remaining ten teeth from each of the six subgroups were subjected to shear tests with a universal testing machine and the values were then converted into MPa. The resulting enamel surfaces were then evaluated according to the adhesive remnant index (ARI) described by Artun and Bergland (1984). The statistical analysis took into account a significance level of 5%. To the evaluation of the data, the following statistical tests were performed: analysis of variance (ANOVA), Kruskal-Wallis test, Mann-Whitney Test and T Test. It was observed significant statistically differences in the adhesion values between the three adhesives (p <0.05). The adhesive GrénglooTM showed the best adhesion values. Thermocycling influenced significantly the values of the adhesive TransbondTM Plus (p <0.5). All groups, after undergoing thermal fatigue, showed clinically acceptable adhesion values with the exception of the Eagle No DriftTM. IAR showed significant differences between adhesives and greater amount of material left on the tooth surface with the adhesives that showed greater adhesion values. The analysis by electron microscopy allowed to observe the difference in adhesion mechanism on both interfaces and the apparent expansion of the adhesive TransbondTM Plus during thermal cycling. It was concluded that the resin adhesive GrénglooTM and compomer Transbond PlusTM are best for clinical practice and only the latter was influenced by thermal fatigue.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4203
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE Vando.pdf2,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.