Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4164
Título: A Fitoterapia no tratamento da obesidade
Autor: Pinto, Daniela Cortês Macedo
Orientador: Machado, Elisabete
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A obesidade é um problema de saúde pública mundial, apresentando um significativo aumento na sua prevalência nas últimas décadas. Apesar de existirem diferentes definições de obesidade, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade é considerada uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de causar outras doenças, muitas vezes negligenciadas por não terem uma aparente correlação direta com a obesidade. O processo mais utilizado para o diagnóstico da obesidade é o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). Existem diversas terapias para combate da obesidade e excesso de peso, sendo uma delas a Fitoterapia, a qual se tem vindo a assumir cada vez mais como um tratamento de primeira escolha pelo doente que pretende reverter a sua patologia, principalmente pela facilidade de acesso a este tipo de compostos. A Fitoterapia é uma forma de tratamento baseada nas propriedades naturais curativas de plantas medicinais (de acordo com os compostos que estas possuem), as quais têm sido reconhecidas como benéficas e eficazes em vários tipos de patologias, entre as quais a obesidade e excesso de peso. O objetivo fundamental deste trabalho consiste na compreensão da obesidade enquanto doença e no seu tratamento fitoterápico. Diversas plantas medicinais apresentam constituintes com eficácia comprovada na perda de peso e algumas delas possuem mais do que uma ação farmacológica. Os fitoterápicos aplicados à obesidade podem ser agrupados segundo a sua ação: diurética, laxante, estimulante da tiróide, moderadora do apetite e/ou sedativa. As plantas medicinais possuem, no entanto, efeitos secundários e contra-indicações que devem ser conhecidas por quem as utiliza. Obesity is a global public health problem, with a significant increase in its prevalence in the last decades. Although there are different ways to define obesity, according to World Health Organization (WHO), it is commonly considered as a disease in which the accumulated body fat is excessive, and capable of causing other diseases, which are often neglected due to unapparent direct correlation. The most common way to diagnose obesity is the calculation of Body Mass Index (BMI). A wide range of therapies are available in order to combat obesity and excess weight, being Phytotherapy one of them, which has been increasingly chosen as a first choice treatment for the patient who wants to reverse his condition, mainly due to the easy access to this kind of compounds. Phytotherapy is a form of treatment based on natural treating properties of medicinal plants (according to the compounds they have), which are recognized as being beneficial and effective in a variety of disorders, including obesity and overweight. The main objective of this work is to understand obesity as a disease and Phytotherapy as an effective way of treatment. Several medicinal plants have constituents which have proven to be very effective in weight loss and some of them having more than a single pharmacological effect. Phytotherapics used in obesity treatment can be grouped according to their activity: diuretic, laxative, thyroidal stimulators, appetite moderators and/or sedative. However, medicinal plants have secondary effects and contraindications that are of utmost attention by its consumers.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4164
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Daniela.pdf403,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.