Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4162
Título: Os ácidos gordos ómega-3 e os seus efeitos anti-inflamatórios
Autor: Cerqueira, Sara Raquel Peixoto
Orientador: Lemos, Catarina
Palavras-chave: Ómega-3
EPA
DHA
Inflamação
Eicosanóides
Resolvinas
Protetina
Maresina
Omega-3
EPA
DHA
Inflammation
Eicosanoid
Resolvins
Protectin
Maresin
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: Os ácidos gordos ómega-3, nomeadamente o ácido eicosapentaenóico (EPA) e o ácido docosahexaenóico (DHA), são necessários ao ser humano, não só como componentes estruturais das membranas celulares, mas também como precursores de mediadores bioquímicos de respostas inflamatórias e imunológicas, os eicosanóides, como as prostaglandinas (PG), os tromboxanos (TX) e os leucotrienos (LT), e de outros mediadores com efeito anti-inflamatório, as resolvinas, protetina e maresina. Para além disso, estes ácidos gordos têm ainda um papel importante na diminuição da produção de proteínas inflamatórias, como as citocinas e as quimiocinas. Os ácidos gordos ómega-3 são, portanto, compostos bioativos fisiologicamente envolvidos em patologias, como as doenças cardiovasculares e doenças inflamatórias e imunológicas, como a artrite reumatoide, a asma, a doença inflamatória do intestino, a psoríase e o lúpus, modulando a sua evolução de forma positiva. Nos últimos anos verificaram-se profundas alterações na alimentação dos povos ocidentais, com um enorme aumento do consumo de ácidos gordos ómega-6, associado a um baixo consumo de ómega-3, que tem sido correlacionado com o aumento de patologias inflamatórias, como as atrás referidas. É, por isso, fundamental divulgar a importância de incrementar a ingestão destes ácidos gordos na dieta humana. Omega-3 fatty acids, namely eicosapentaenoic acid (EPA) and docosahexaenoic acid (DHA), are essential to humans, not only as structural components of cell membranes, but also as precursors of biochemical mediators of inflammatory and immunological responses, the eicosanoids, such as prostaglandins (PG), thromboxanes (TX), prostacyclins (PG) and leukotrienes (LT) and other mediators with anti-inflammatory effect, such as resolvins, protectin and maresin. Besides that, these fatty acids have also an important role by reducing the production of inflammatory proteins, as cytokines and chemocytokines. Therefore, omega-3 fatty acids are bioactive compounds physiologically involved in pathologies such as cardiovascular disease and inflammatory or immunological diseases as rheumatoid arthritis, asthma, inflammatory bowel disease, psoriasis and lupus, modulating its evolution in a positive way. In last years, profound changes in Western people diet occurred, with a huge increase in omega-6 fatty acids consumption, combined with a low consumption of omega-3, that has been correlated with an increase in inflammatory diseases such as those mentioned above. It is therefore fundamental to transmit the importance of increasing the intake of these fatty acids in the human diet.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4162
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Os ácidos gordos ómega-3 e os seus efeitos anti-inflamatórios.pdf714,32 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.