Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4146
Título: A Síndrome da Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e seu tratamento com cirurgia ortognática
Autor: Faria, Cindy
Orientador: Bessa, Luís
Palavras-chave: Obstructive sleep apnea syndrome
Maxillomandibular advancement
Upper airway obstruction
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A Síndrome da Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS) é uma síndrome com grande prevalência na sociedade actual, constituíndo um grande problema de saúde pública. A SAHOS ocorre pelo repetido estreitamento ou colapso das vias aéreas superiores (VAS) durante o sono provocando como principal síntoma uma hipersonolência diurna exessiva. Os factores de riscos mais comuns incluem o sexo masculino, a obesidade, um palato mole alongado e uma retrognatia maxilar e/ou mandibular. A fisiopatologia da síndrome é multifactorial decorrente, em parte, de alterações das estruturas craniofaciais e dos tecidos moles das VAS associadas a alterações neuromusculares da faringe e a uma maior complacência da faringe. Relativamente ao tratamento, existem actualmente várias modalidades, tanto comportamentais, clínicas e cirúrgicas que devem ser individualizadas e criteriosamente seleccionadas para a situação clínica de cada paciente. Acredita-se que a SAHOS resulta na maioria das vezes de um estreitamento difuso da faringe. Para o seu tratamento é importante detectar os diferentes padrões de obstrução das VAS que parecem determinar o sucesso ou a falha do tratamento cirúrgico. As novas tecnologias permitem a criação de imagems tridimensionais a partir de imagems obtidas por ressonância magnética e tomografia computorizada juntamente com programas de reconstrução em 3 dimensões. Estas imagems tridimensionais possibilitam a avaliação dos locais de obstrução bem como proporcionam medições volumétricas das VAS. A cirurgia de avanço maxilo-mandibular (AMM) é um movimento em cirurgia ortognática que permite o avanço bi-maxilar, aumentando o volume das VAS a nível da velo-oro-hipofaringe. Tem sido descrita como sendo o tratamento cirúrgico mais efetivo para a SAHOS (excluíndo a traqueostomia) com índices de sucesso acima dos 80%. Vários autores comprovaram a eficiência da cirurgia de AMM no aumento do espaço faríngeo, diminuindo ou mesmo eliminando os episódios de colapsos respiratórios e melhorando significativemente a qualidade do sono e de vida dos pacientes. As palavras chaves utilizadas foram: “obstructive sleep apnea syndrome”, “maxillomandibular advancement” e “upper airway obstruction” que foram associados de múltiplas formas. Obstructive Sleep Apnea/Hipopnea Syndrome (OSAH) is a highly prevalent syndrome in the society, characterized as a public health burden. OSAH occurs by recurrent episodes of upper airway (UA) obstruction or collapse during sleep with daytime somnolence as the major symptom. The principal risks factors are : male, obesity, elongated soft palate and maxillary and/or mandibular retrognathia. Pathophysiology of OSAH is multifactorial, due partly to abnormalities of craniofacial stuctures and UA soft tissue associated with neuromuscular alterations of the pharynx and increased UA compliance. Behavioral, clinical and surgical options are available for the treatment of OSAH, which must be individualized and carefully selected for the clinical situation of each patient. Over the time, OSAH has been recognized as an obstructive process with a diffuse narrowing of the pharynx. For its treatment it is important te detect the different patterns of UA obstruction that seems to determine the sucess or failure of surgical treatment. New technologies allow the creation of tridimensional images achieved from magnetic resonance and computed tomography with reconstruction program. This tridimensional images enable the evaluation of obstruction sites and provide volumetric measurments of UA. Maxillomandibular advancement (MMA) is a movement on orthognatic surgery which allows bi-maxillary advancement, increasing the volume of UA at the level of velo-oro-hypopharynx. It has been described as the most effective surgical treatment for OSAH (excluding tracheostomy) with success rates above 80%. Several authors have demonstrated the effectiveness of AMM surgery on increasing the AMM pharyngeal space, reducing or eliminating episodes of respiratory collapse and improving sleep quality and life of patients. The keys words were : “obstructive sleep apnea syndrome”, “maxillomandibular advancement” e “upper airway obstruction” which have been associated in multiple ways.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4146
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado Cindy Faria n°19947.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.