Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4128
Título: Facetas de Porcelana VS Facetas de Resina Composta
Autor: Cunha, Ana Raquel da Fonseca Moreira Damas da
Orientador: Falcão, Carlos
Carvalho, Alexandrine
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A procura na satisfação das exigências estéticas actuais resulta numa procura constante, por parte dos profissionais de Medicina Dentária, não só no conhecimento, como também no aprimoramento da técnica. Actualmente, a busca pela estética acompanhada pelo desenvolvimento dos materiais dentários levou a que as facetas estéticas fossem consideradas tratamentos de excelência. Este trabalho teve como objectivo a comparação de dois materiais, porcelana e resina composta, na elaboração de facetas estéticas. A estética e o comportamento biomecânico foram avaliados, para ambos os materiais. No confronto entre os dois tipos de materiais dentários, foram avaliadas as suas indicações, contra-indicações, benefícios e desvantagens, bem como o diagnóstico, plano de tratamento e procedimentos clínicos utilizados para a confecção de facetas de porcelana e resina composta. Para a distinção da resina composta e da cerâmica avaliaram-se os seguintes parâmetros: cor, adaptação marginal, biocompatibilidade, estética, resistência, preparação, retenção, acabamento, sobrevivência clínica, potencial de reparação e o seu custo. A cerâmica tem sido alvo de grande evolução no âmbito científico. Assim, com o desenvolvimento dos vários sistemas cerâmicos, tornou-se relevante descrever os diversos sistemas e o seu comportamento na prática clínica. A utilização de facetas de porcelana permite um tratamento predictivel e com elevada longevidade clinica. A resistência à fractura, estabilidade da cor, estética e biocompatibilidade são características vantajosas provenientes da sua utilização. Contrapondo, as facetas de resina composta apresentam instabilidade relativamente à cor. Contudo, apresentam características vantajosas como a possibilidade de reparação, preparação menos agressiva no dente, custo e resistência à abrasão. Assim, torna-se fulcral que a escolha do material utilizado na confecção de facetas varie em função da especificidade de cada caso. The demand in meeting the current aesthetic requirements results in a constant search for the professionals of Dental Medicine, not only in knowledge but also in the improvement of the technique. Currently, the search for aesthetic accompanied by the development of dental materials has meant that the veneers were considered treatments of excellence. This study aimed to compare the materials, porcelain and composite resin, for the preparation of esthetic veneers. The aesthetic and biomechanical behaviors were evaluated for both materials. In the confrontation between the two types of dental materials, was evaluated the indications, contraindications, benefits and disadvantages as well as the diagnosis, treatment plan and clinical procedures used for making porcelain veneers and composite resin. For differentiation of composite and ceramics evaluated the following parameters: color, marginal adaptation, biocompatibility, aesthetics, strength, preparation, retention, completion, clinical survival, repair potential and its cost. The ceramic has been progressing in the scientific field. Thus, with the development of various ceramic systems, it became important to describe the various systems and their behavior in clinical practice. The use of porcelain veneers treatment allows predictivel clinical and high longevity. The fracture toughness, color stability, biocompatibility and aesthetics are advantageous characteristics resulting from their use. Opposing the composite resin veneers present instability in relation to color. However, have advantageous features such as the possibility of repair, the less aggressive tooth preparation, cost and abrasion resistance. Thus, it becomes crucial that the choice of material used in the manufacture of facets vary according to the specifics of each case.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/4128
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Facetas de Porcelan VS Facetas de Resina Composta, 19691.pdf329,05 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.