Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4096
Título: A Doença Celíaca
Outros títulos: etiopatogenia, diagnóstico, aspetos clínicos e tratamento
Autor: Rodrigues, Ana Sofia Medeiros
Orientador: Machado, Joana Queiroz
Palavras-chave: Doença celíaca
Glúten
Gliadina
Transglutaminase tecidular
Celiac disease
Gluten
Gliadin
Tissue transglutaminase
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A doença celíaca, caracterizada pela atrofia das vilosidades intestinais, afeta cerca de 1% da população e manifesta-se em indivíduos geneticamente predispostos. É uma doença autoimune e o seu principal agente desencadeador é o glúten, mais propiamente a gliadina, que sofre uma digestão incompleta, originando peptídeos de gliadina. Estes sofrem uma desaminação, pela ação da enzima denominada transglutaminase tecidular, tornando-os peptídeos imunogénicos, que serão responsáveis pela ativação do sistema imunitário e, consequentemente, pelos danos tecidulares no epitélio intestinal. A sua apresentação clínica pode variar desde manifestações gastrointestinais, como diarreia e distensão abdominal, até manifestações extra-intestinais, tais como anemia, baixa estatura e osteoporose. Os diversos quadros clínicos possíveis dificultam, por vezes, o seu diagnóstico. No que diz respeito ao tratamento, o único disponível para esta patologia é o recurso a uma dieta sem glúten. No entanto, atualmente encontram-se a ser investigadas novas abordagens terapêuticas, que serão essenciais para a melhoria da qualidade de vida destes doentes. Novas variantes modificadas de trigo com proteínas menos imunogénicas, a degradação enzimática dos peptídeos de gliadina através de suplementos orais, a diminuição da absorção intestinal de glúten, os inibidores da permeabilidade intestinal e da tTG, o bloqueio dos complexos HLA que fazem o reconhecimento dos peptídeos de gliadina desaminados, a inibição da migração das células T, a modulação da inflamação, os inibidores das MMPs e a vacinação são algumas das terapias alternativas que se encontram em estudo e que serão revistas. Com esta monografia, pretende-se rever o estado da arte, enfatizando a sua etiopatogenia, os sinais clínicos, diagnóstico e o tratamento utilizado atualmente, bem como as perspetivas futuras nesta área. Para a realização deste projeto, procedeu-se à pesquisa de artigos relevantes, recorrendo-se, para tal, à base de dados, como PubMed, ScientDirect, b-on, entre outras. Celiac disease, characterized by intestinal villous atrophy, affects about 1% of the population and manifests in genetically predisposed individuals. It is an autoimmune disease and its main trigger agent is gluten, gliadin more specifically, which undergoes incomplete digestion resulting in gliadin peptides. These undergo a deamination, by an enzyme, tissue transglutaminase, making immunogenic peptides, which are responsible for the activation of the immune system and, consequently, the tissue damage in the intestinal epithelium. The clinical presentation may vary from gastrointestinal manifestations, including diarrhea and abdominal distention, to extra-intestinal manifestations to such as anemia, failure to thrive and osteoporosis. The several possible clinical evaluations make the diagnostic more difficult. In regard to treatment, the only available for this disease is the use of a gluten-free diet. However, alternative therapeutic approaches are currently being investigated, which are essential for improving the quality of life of these patients. Variants of wheat modified with proteins less immunogenic, enzymatic degradation of gliadin peptides by oral supplements, decreased intestinal absorption of gluten, inhibitors of intestinal permeability and tTG, blocking HLA complexes which make the recognition of deamidated gliadin peptides, inhibition of T cell migration, modulation of inflammation, inhibitors of MMPs and immunization are some alternative therapies that are under study and which will be reviewed With this monograph we intended to review the pathogenesis, clinical signs, diagnosis and treatment currently used in CD, as well as the future prospects in this area. For this project, we proceeded to search for relevant articles, resorting to the database such as PubMed, ScientDirect, b-on, among others.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4096
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_Ana Sofia Rodrigues.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.