Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4094
Título: Evolução na abordagem Fármaco-terapêutica da úlcera péptica
Autor: Ferreira, Sara Alexandra da Silva
Orientador: Catarino, Rita
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A úlcera péptica é uma patologia multifatorial caracterizada por uma ulceração da mucosa gástrica e/ou duodenal, que afeta cerca de 4 milhões de pessoas, por ano, em todo o mundo. Os principais fatores de risco são a infeção por Helicobacter pylori e o consumo continuado de AINE’s e AAS. Apenas 4% das úlceras pépticas não são provocados por estes dois fatores. Em algumas situações, a patologia está associada a complicações como hemorragias e perfuração ou, menos frequentemente, a obstrução e penetração. O diagnóstico consiste na deteção da presença dos fatores etiológicos. O tratamento da úlcera péptica sofreu uma enorme evolução, iniciando-se pela administração de substâncias antiácidas e realização de procedimentos cirúrgicos, seguida da administração de fármacos antisecretores: ARH2 e IBP’s. A erradicação da Helicobacter pylori foi o marco mais importante capaz de elevar a taxa de cura das úlceras pépticas por si provocadas para cerca de 90%. Nas úlceras pépticas associadas ao consumo continuado de AINE’s, o tratamento baseia-se na administração de IBP’s e na suspensão do tratamento com AINE’s (nas situações em que tal é possível). A vacinação contra a infeção pela Helicobacter pylori parece ser uma opção viável de tratamento e prevenção da patologia requerendo, no entanto, mais investigação. Peptic ulcer is a multifactorial disease characterized by an ulceration of gastric and/or duodenal mucosa, which affects about 4 million people, per year, worldwide. The main risk factors are the Helicobacter pylori infection and the continued use of NSAID’s and AAS. Only 4% of peptic ulcers are not caused by these two factors. In some situations, the disease is associated with complications such as bleeding and perforation or, less often, obstruction and penetration. The diagnosis consists in detection of the presence of etiological factors. The treatment of peptic ulcer has undergone tremendous development, starting with the administration of antacid substances and surgical procedures, followed by administration of antisecretory drugs: H2RA and PPI’s. The eradication of Helicobacter pylori was very important and it can increase the rate of healing of peptic ulcers to about 90%. In peptic ulcers associated with continuous use of NSAID’s, the treatment is based on the administration of PPI’s and discontinuation of NSAID’s (in situations where this is possible). Vaccination against infection by Helicobacter pylori seems to be a viable way for treatment and prevention of disease requiring, however, more research.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/4094
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Úlcera péptica.pdf629,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.