Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/4070
Título: Perspetivas dos Encarregados de Educação de alunos com NEE, sobre a inclusão e a Escola no percurso escolar dos seus educandos
Outros títulos: um estudo de caso nas Escolas Secundárias da ilha do Pico, Açores
Autor: Frias, Sónia Catarina Costa Alves
Orientador: Coelho, Fátima
Palavras-chave: Inclusão
Família
Necessidades Educativas Especiais
UNECA
Inclusion
Family
Special education needs
UNECA
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: O presente estudo aborda a temática da inclusão na ilha do Pico, nos Açores e tem como objetivo geral verificar qual a perspetiva dos encarregados de educação dos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) que frequentam as turmas de Unidade Especializada com Currículo Adaptado (UNECA), sobre a temática e sobre a Escola durante o percurso escolar dos seus educandos. O estudo desenvolveu-se nas escolas, Básica e Secundária Cardeal Costa Nunes (Madalena) e Básica e Secundária das Lajes do Pico. Foram inquiridos 25 encarregados de educação (a totalidade dos existentes), dos alunos destas escolas, que frequentam as turmas de Unidade Especializada com Currículo Adaptado (UNECA). Nesta investigação optou-se por uma metodologia tipo misto, quantitativa e qualitativa, com vista ao conhecimento da opinião dos encarregados de educação utilizando-se o inquérito por questionário. Foram consideradas como variáveis, a idade, sexo, habitações literárias e informação em Necessidades Educativas Especiais (NEE). Os resultados desta investigação indicam que os encarregados de educação dos alunos com NEE que frequentam as turmas UNECA na ilha do Pico acreditam na escola inclusiva como veículo de aprendizagem, socialização e autonomia. Os contactos que os encarregados de educação estabelecem com a escola são essencialmente quando solicitados pelo diretor de turma e fundamentalmente para saber da avaliação e comportamento dos seus educandos. No que concerne à frequência dos seus educandos em turmas do regular ou em turmas UNECA, a maioria dos encarregados de educação preferia que os seus educandos frequentassem uma turma do regular, não achando que as turmas UNECA promovam a inclusão, mas sim o contrário. Como sugestão referem que a escola deveria proporcionar formação para os encarregados de educação, professores e auxiliares na área da educação especial, que as turmas UNECA quando existirem forem com um menor número de alunos para que a aprendizagem seja mais significativa e que houvesse continuidade do professor de educação especial de um ano letivo para o outro. Considera-se que a escola deve abrir espaços e criar estratégias para a possibilidade de se realizar um trabalho conjunto com a família dos alunos com NEE, para o desenvolvimento de uma educação diferenciada e de qualidade.
The following study is about the inclusion of students with learning disabilities in the schools of Pico Island in the Portuguese archipelago of the Azores. These special education needs are called NEE, acronym from the Portuguese “Necessidades Educativas Especiais”, the classes where these students are gathered are entitled UNECA, acronym from the Portuguese sentence “Unidade Especializada com Currículo Adaptado”, which can be translated as specialized unit with adapted curriculum. Hence this study main objective is to discover the perspective that the parents of these children with NEE who integrate UNECA classes, have about the UNECA and about the role of the School during their children student life. The study was conducted in the schools, Básica e Secundária Cardeal Costa Nunes (Madalena) and Básica e Secundária das Lajes do Pico. All 25 parents who have students in these UNECA classes where inquired. In this investigation both quantitative and qualitative approaches where adopted using questionnaires, with the objective of capturing the opinion of the parents. There were considered variables such as age, sex, qualifications and information on Special Education Needs, NEE. The results show that the parents of NEE students that integrate UNECA classes in Pico Island believe, in the inclusive school as a vehicle of training, socialization and independence. The majority of contacts that the parents established with the school where made only when solicited by the principal teacher and only to know about the evaluation and behaviour of their students. The majority of parents preferred that the students should integrate normal classes, they are also of the opinion that UNECA classes do not promote inclusion and that better ways of inclusion should be established. They suggest that the schools should promote training for parents, teachers and all other school professionals involved in special education, that UNECA classes should have less students, promoting a better learning experience and that the special education teacher should be the same over the years. In conclusion, the collaboration between the school and parents is fundamental for a stable and healthy development of the NEE student. The School should create spaces and strategies allowing school and NEE student’s families to work together for a best quality education.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor
URI: http://hdl.handle.net/10284/4070
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Sónia Frias.pdf499,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.