Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3965
Título: Vírus ao serviço da indústria farmacêutica
Autor: Silveira, Bárbara de Magalhães
Orientador: Magalhães, Ricardo
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: Os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, conhecidos por infectarem e causarem doença em humanos. Com base na sua capacidade de se replicarem dentro de um organismo, os vírus têm vindo a ser estudados, com o intuito de causarem efeitos benéficos no tratamento de determinadas patologias, ou seja, como verdadeiras máquinas que se encontram ao dispor da indústria farmacêutica. Assim, ao longo deste texto, foi realizado um primeiro enquadramento teórico em que se pretendeu definir vírus, classificá-los segundo as estratégias que utilizam para produzir o mRNA (Classificação de Baltimore), caracterizá-los quanto á sua composição e morfologia, assim como, abordar as principais etapas do seu ciclo de replicação viral e definir as principais formas de transmissão e os principais tipos de infecção viral. Seguidamente, revelou-se de interesse, realizar uma breve revisão teórica do que têm vindo a ser estudado com maior ênfase nesta temática. Aqui, incluem-se por exemplo, a possibilidade da sequenciação de vírus por parte da indústria, bem como de que formas estes têm vindo a ser utilizados pela mesma: tipos de vectores virais mais utilizados, avanços potenciados no desenvolvimento de novas vacinas e o crescente interesse da utilização de bacteriófagos no combate a determinadas patologias. Para terminar, abordou-se um pouco do que têm a vindo a ser realizado por parte da disciplina da biotecnologia paralelamente à indústria farmacêutica no que respeita á disponibilização crescente de novas abordagens terapêuticas, com especial destaque para os aptamers, tecnologia antisense e tecnologia DRACO. Viruses are obligate intracellular parasites, commonly known by their capacity to infect and cause disease in humans. Based on this ability, viruses have been studied with the aim of causing beneficial effects in the treatment of certain diseases, in other words they have been studied as real machines that are available for pharmaceutical industry. Thus, throughout this paper, we’ve started by a clear definition of viruses, classified them according to certain characteristics and by Baltimore, have characterized them according to their composition and morphology. Furthermore, we´ve analyzed the key steps of its viral cycle of replication and had defined the kinds of transmission as well as the main types of viral infection. Subsequently, it was made a research about what has been studied with more emphasis to date about this theme. Here we´ve included the possibility of sequencing virus by the industry as well as the most common viral vectors used, the new developments in vaccines and the increasing interest of using bacteriophages in order to combat some diseases. Finally, we´ve tried to make a parallelism between biotechnology developments and the new archives made by industry with focus on the new therapeutic approaches, with particular emphasis on aptamers, oligonucleotides antisense and DRACO technology.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/3965
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
monog_20727Finall2.pdf2,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.