Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3947
Título: Influência do mar na morfologia urbana de Espinho
Autor: Araújo, António José Lopes de
Orientador: Branco-Teixeira, Miguel
Palavras-chave: Mar
Erosão
Urbanismo
Morfologia
Cidade
Espinho
Sea
Erosion
Urbanism
Morphology
City
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A presente dissertação tem como principal objetivo, analisar a Influência do Mar na Morfologia Urbana da Cidade de Espinho. Insere-se este trabalho na conclusão do Mestrado Integrado em Arquitetura e Urbanismo, pela Universidade Fernando Pessoa - Porto. A cidade de Espinho é caraterizada como um caso singular de erosão costeira. Disso damos conta, começando por abordar o nascimento do povoado, o seu desenvolvimento e a destruição do seu núcleo histórico, pelas invasões do Mar. Paralelamente à abordagem histórica dos fatos, é realizada uma análise profunda a vários conceitos urbanísticos, aplicando-os ao território em estudo, sempre com o Mar como motor de todas as mutações urbanas, sentidas e observadas na cidade. Para complementar o trabalho, foi feita também uma pesquisa no âmbito da geologia, com o objetivo de perceber cientificamente, porque o Mar, apaga território com tanta facilidade. Esta investigação, permitiu perceber que, entre o Mar e a Cidade, existe uma faixa de território, cujos limites, o bom senso deve estabelecer, podendo ser desfrutada, contemplada, mas nunca habitada.
The main purpose of this paper is to analyse the influence of the Sea in Urban Morphology of the City of Espinho. This work is part of the procedure for completion of the Integrated Master`s degree in Architecture and Urbanism conferred by Fernando Pessoa University, Oporto. The city of Espinho is characterized by the singularity of its coastal erosion. We report this, starting with a discussion on the birth of the settlement, its development and the destruction of its historic downtown by Sea incursion. In parallel to the historical approach to the facts, we also carry out a thorough analysis to various urban concepts, by applying them to the territory under review, the Sea standing invariably as the driver of all urban changes, felt and perceived in the city. To complement this work, we have further done a geological research aimed at scientifically understand why the Sea erases territory so easily. This research allowed us to realise that between the Sea and the City there is a strip of land whose boundaries are up to common sense to establish, which can be enjoyed, contemplated, but never inhabited.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Arquitetura e Urbanismo
URI: http://hdl.handle.net/10284/3947
Aparece nas colecções:FCT (DCEA) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ANTÓNIO ARAUJO 17795 - DISSERTAÇÃO DE MESTRADO.pdf16,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.