Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3862
Título: Satisfação Sexual e Qualidade de Vida da Mulher no Climatério
Autor: Sousa, Inês Margarida Nogueira de
Orientador: Meneses, Rute
Palavras-chave: Climatério
Satisfação Sexual
Qualidade de vida
Climacteric
Sexual Satisfaction
Quality of Life
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: O aumento da esperança de vida possibilitou que um número cada vez maior de mulheres, possa vivenciar a meia-idade e, por consequência, surja um maior número de queixas relacionadas com o climatério. O principal objetivo da presente investigação foi verificar se existe relação entre a QDV e a satisfação sexual em mulheres no climatério. Os objetivos específicos foram: caracterizar a QDV e a satisfação sexual das participantes; analisar a relação entre a satisfação sexual e as variáveis sociodemográficas (e.g., idade, estado civil, escolaridade) e variáveis clinicas (fase do climatério e medicação). Foram também analisadas as diferenças entre as mulheres nas diferentes fases do climatério quanto à QDV. A amostra deste estudo é constituída por 100 senhoras entre os 40 e os 64 anos (M= 49,6), (DP= 6,1), que compareceram às Consultas de Psicologia e Consultas Externas de Ginecologia, do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E. e que responderam a um Questionário sociodemográfico e clínico; World’s Health Organization Quality of Life – versão abreviada (WHOQOL-Bref) e ao Inventário de Satisfação Sexual de Golombok Rust. Globalmente, a amostra refere uma QDV que pode considerar-se moderada e satisfação sexual. Em geral, verificaram-se diferenças estatisticamente significativas entre os grupos constituídos em função da (e.g., idade, estado civil, escolaridade, fases do Climatério e medicação) relativamente à satisfação sexual. Também foram encontradas diferenças entre as mulheres em diferentes fases do climatério quanto à QDV. Verificou-se que quanto melhor for a QDV maior a satisfação sexual das mulheres no climatério. As mulheres mais velhas, sem parceiro, com menor escolaridade, na pós-menopausa a tomar medicação poderiam beneficiar mais de intervenção ao nível da satisfação sexual e eventualmente de QDV.
The increase in life expectancy has enabled that a larger number of women can experience the middle-aged period, and in consequence a higher number of complaints related to menopause arises. The main objective of this research was to establish the relation between QOL and sexual satisfaction in menopausal women. The specific objectives were to characterize the participants QOL and sexual satisfaction; analyze the relationship between sexual satisfaction and sociodemographic variables (eg, age, marital status, education/school degree) and clinical variables (the climacteric stages and medication). We also analyzed the differences between women at various menopausal stages in relation to QOL. The sample consists in 100 women between 40 and 64 years (M = 49.6), (SD = 6.1) who attended the Consultation of Psychology and External appointments of Gynecology, Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E-P.E. The following instruments were used to collect data: sociodemographic and clinical questionnaire; World Health Organization's Quality of Life - abbreviated version (WHOQOL-BREF) and The Golombok-Rust Inventory of sexual satisfaction. Overall, we could refer to a sample that can be considered with a moderate quality of life and moderate sexual satisfaction. In general, we found that there are differences between groups (eg, Age, Marital Status, Education/School Degree, Menopausal Stages and medication) in relation to sexual satisfaction. We also found differences between women in different menopausal stages in relation to their quality of life. Differences were also found among women in different stages of menopause in relation to QOL, the better the quality of life, the greater the sexual satisfaction of menopausal women.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/3862
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_18462.pdf2,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.