Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3820
Título: A incapacidade civil dos Índios no Brasil
Outros títulos: medida de proteção ou de exclusão?
Autor: Xavier, Marinêz de Oliveira
Xavier, José Francisco
Cardoso, João Casqueira
Palavras-chave: Brazil
Indians
Indigenous population
Law
Discrimination
Legal Capacity
Brasil
Índios
População Indígena
Direito
Discriminação
Capacidade civil
Data: 22-Mai-2013
Relatório da Série N.º: Relatório;1/2013
Resumo: In order to identify the encoding process of the legal situation of the indigenous ethnic group in the Brazilian, with special emphasis on the legal capacity of these levels, we identified a number of citizens considered, specifically 350,438 persons, who in their day-to-day contact and form part of the whole society in the making of the various legal transactions. As a consequence of this fact, a number of important issues are inevitable, such as the validity of the performance of legal activities by these citizens. Because of loopholes, which legislation applies? What parameter should be used to establish the degree of legal capacity of a person belonging to an indigenous group? Last but not the least, the conceptual confusion in the legislation itself when dealing with “forest” population and “Indians” is an extra factor of complexity, with potential impact on the status of the studied citizens and may question whether they are actually subject to protection or discrimination.
No sentido de identificar o processo de codificação da situação jurídica dos povos indígenas no ordenamento brasileiro, com especial ênfase nos níveis da capacidade jurídica destes, identificamos um número considerado de cidadãos, especificamente 350.438 pessoas, que no seu dia-a-dia entram em contacto e formam parte do conjunto da sociedade na celebração dos vários negócios jurídicos. Como consequência dessa realidade, um número importante de questões serão inevitáveis, como por exemplo: validez dos actos jurídicos celebrados por estes cidadãos? Em virtude das lacunas legislativas, qual a legislação aplicável? Que parâmetro utilizar para estabelecer o grau de capacidade jurídica de uma pessoa pertencente a um grupo indígena? Da mesma forma, não menos importante, se a confusão conceitual na própria legislação ao usar os termos silvícolas ou índios, provoca alguma alteração no estatuto de cidadania dos mesmos e se realmente a sua incapacidade jurídica é objecto de proteção ou discriminação.
URI: http://hdl.handle.net/10284/3820
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Relatórios Técnico/Científicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CENMIN-Report-1-2013.pdf244,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.