Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3819
Título: Utilização de estratégias comunicativas num grupo de conversação de pessoas com demências
Outros títulos: estudo qualitativo
Autor: Fidalgo, Joana Candeira
Orientador: Antunes, Eva Bolle
Palavras-chave: demência
terapia de grupo
estratégias
comunicação
abordagem social
dementia
group therapy
strategies
communication
social approach
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: O impacto das demências sobre a sociedade tem vindo a aumentar devido ao número crescente de idosos com demência. Muitas pessoas com demência demonstram ter um declínio progressivo nas competências comunicativas e, deste modo, aumenta a função dos terapeutas da fala como formadores e organizadores de programas específicos. Dada a importância da comunicação no cuidado de uma pessoa com demência, pode-se perguntar o que podemos fazer a melhorá-la. Pretendeu-se compreender quais as estratégias comunicativas que favorecem a interação em grupos de conversação de pessoas com demência. O estudo foi realizado num Centro de Dia para pessoas com Demência na zona norte do país. Este estudo é qualitativo de caráter fenomenológico e foi realizado por meio de observação e com recurso a registos de sessão. Os participantes deste estudo foram selecionados intencionalmente. Foi também realizada uma avaliação primária do grupo através de uma grelha de observação de competências pragmáticas e foram recolhidas as histórias clínicas de cada paciente. Os resultados demonstram a utilização de estratégias comunicativas em sessões de conversação com pessoas com demência encontrando-se o contacto ocular, a diminuição da velocidade do discurso e a utilização de frases simples e curtas entre as estratégias mais frequentemente utilizadas. O treino das facilitadoras, a composição do grupo de conversação e as atividades são algumas das variáveis que influenciam a aplicação das estratégias comunicativas. The impact of dementia in today’s society has been increasing due to the growing number of elderly persons with dementia. Many people with dementia show a progressive decline in the communicative abilities, therefore increasing the responsibility of speech therapists as trainers and promoters of specific programmes. Given the importance of communication in the care of someone with dementia, one can ask what can be done to improve it. We aimed to understand what communicative strategies favor interaction in conversation groups with people with dementia. This study was conducted in a Day Care Centre for people with Dementia in the northern area of Portugal. This is a qualitative phenomenological study, done using observation and session records. The participants were selected intentionally. A baseline assessment of the group was also done, through an observation checklist of pragmatic abilities, and clinical data of each patient was gathered. The results showed the efficacy of the strategies used in conversation therapy sessions with people with dementia. Among the most effective we find eye contact, reduction of the speed of speech, and the use of simple and short sentences. The practice of the group facilitator, the composition of the group, and the type of activity are some of the variables that may influence the application of the communicative strategies.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Terapêutica da Fala
URI: http://hdl.handle.net/10284/3819
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Projecto a ser desenvolvido v12.2_revisão geral.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.